Esportes

Grêmio demite Vanderlei Luxemburgo

Da Redação ·
Em meio ao jogo-treino deste sábado, contra o Caxias, a direção do Grêmio resolveu demitir Vanderlei Luxemburgo, que ocupava o cargo desde fevereiro de 2012. De acordo com o diretor executivo Rui Costa, o clube precisava de um
Em meio ao jogo-treino deste sábado, contra o Caxias, a direção do Grêmio resolveu demitir Vanderlei Luxemburgo, que ocupava o cargo desde fevereiro de 2012. De acordo com o diretor executivo Rui Costa, o clube precisava de um

Em meio ao jogo-treino deste sábado, contra o Caxias, a direção do Grêmio resolveu demitir Vanderlei Luxemburgo, que ocupava o cargo desde fevereiro de 2012. De acordo com o diretor executivo Rui Costa, o clube precisava de um "fato novo". O auxiliar Roger Machado será o comandante da equipe de forma interina.

- É exatamente isso. Tivemos uma reunião pela manhã. Decisão que é unânime, do presidente e do departamento de futebol. Ele (Luxa) sai do Grêmio pela porta da frente. Avaliamos e precisávamos de um fato novo para a retomada do campeonato - disse Rui Costa.

Luxa foi ao estádio Olímpico na manhã deste sábado, quando foi comunicado da decisão pelo presidente Fábio Koff, que, mesmo após a eliminação nas oitavas de final da Libertadores, preferiu, à época, manter o técnico. Koff chegou a dizer, após o empate com o São Paulo, antes da parada do Brasileirão, que Luxa teria "todo o tempo do mundo" para mostrar o seu trabalho.

O aproveitamento do treinador foi pouco maior a 64%, com 52 vitórias, 21 empates e 18 derrotas em 91 jogos. Mesmo com os bons números, foi eliminado antes da decisão de dois Campeonatos Gaúchos, caiu na semifinal da Copa do Brasil, nas quartas da Sul-Americana, mas conseguiu um terceiro lugar no Brasileiro passado, alcançando a Libertadores.

continua após publicidade