Esportes

Com apoio da torcida, Hamilton faz a pole; Massa é 12º

Da Redação ·
Com apoio da torcida, Hamilton faz a pole; Massa é 12º - Crédito da foto - Agências
Com apoio da torcida, Hamilton faz a pole; Massa é 12º - Crédito da foto - Agências

SÃO PAULO, SP, 29 de junho (Folhapress) - O inglês Lewis Hamilton, da Mercedes, cravou a pole para o GP da Inglaterra, hoje, ao fazer o tempo de 1min29s607 no treino classificatório. O piloto, único abaixo de um minuto e 30 segundos, vai largar em primeiro pela segunda vez na temporada.

A segunda posição ficou com o companheiro de Hamilton na Mercedes, o alemão Nico Rosberg, com o tempo de 1min30s059. O alemão Sebastian Vettel, da Red Bull, é o terceiro no grid, com 1min30s211.

O brasileiro Felipe Massa, da Ferrari, cravou 1min31s779, e vai largar na 12ª colocação. O seu companheiro de equipe, o espanhol Fernando Alonso, fez o décimo melhor tempo (1min30s979).

continua após publicidade
confira também


O treino

Depois de uma sexta-feira com variações no clima, o sábado amanheceu com sol em Silverstone. No primeiro treino livre, apenas 11 carros foram à pista por causa da chuva. Na segunda sessão, Massa chegou a bater. O brasileiro entrou pressionado no treino oficial.

E só foi conseguir o tempo para passar pelo Q1 em sua última volta. Fez o 14º melhor tempo. Ficou à frente de Alonso, que também passou no limite. Max Chilton, Van der Garde, Jules Bianchi, Charles Pic, Esteban Gutierrez e Valtteri Bottas ficaram pelo caminho.

Mas Massa não passou do Q2. Tentou novamente na sua última volta se superar. Em vão. Ficou em 12º. Jenson Button foi outro que se despediu do treino no Q2. A McLaren não colocou nenhum dos seus dois carros na parte final do treino classificatório.

Raikkonen fez o décimo melhor tempo e passou no limite. Além de Massa e Button, Jean-Eric Vergne, Sergio Perez, Nico Hulkenberg e Pastor Maldonado também saíram de cena no Q2.

Na terceira sessão, o favoritismo da Mercedes se confirmou, apesar do arranque no final do alemão Sebastian Vettel e do australiano Mark Webber, ambos da Red Bull. Mas ficou no quase. Festa para Hamilton. Justamente em sua casa.