Esportes

Espanha é favorita na decisão, diz Neymar

Da Redação ·





RIO DE JANEIRO, RJ, 28 de junho (Folhapress) - O atacante Neymar apontou a Espanha como favorita à final da Copa das Confederações contra o Brasil, domingo, às 19h, no Maracanã. Porém, o camisa 10 disse não temer a atual campeã mundial e bi da Europa.

Ao se referir ao duelo no Rio, o ex-santista fez uma comparação usando o carro de um de seus patrocinadores, a Volkswagen.

"Quando eu era criança, meu pai me dizia que, independentemente da força do oponente, você tem que vender seu Fusca pelo preço que acha justo. Tem que brigar para conseguir o melhor preço. E é isso que vamos fazer domingo, vendeu o mais caro possível o jogo contra a Espanha', disse o jogador.

Gripado

Autor do gol que classificou o Brasil para a final, o volante Paulinho está fora do treino de hoje à tarde, no estádio São Januário. Assim como outros integrantes da delegação brasileira, o atleta está gripado.

O técnico Luiz Felipe Scolari, o auxiliar Flávio Murtosa e os médicos José Luiz Runco e Serafim Borges e Rodrigo Lasmar também estão gripados ou com febre. Eles ficaram doentes logo após a vitória diante do Uruguai, por 2 a 1, anteontem, no Mineirão.

Ontem, a seleção completou um mês junta desde o início da preparação para a disputa da Copa das Confederações. Até agora, a delegação passou por sete cidades: Rio, Goiânia, Porto Alegre, Brasília, Fortaleza, Salvador e Belo Horizonte.
 

continua após publicidade