Esportes

Único jogador profissional da seleção se aposenta

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 27 de junho (Folhapress) - Se não fosse por Marama Vahirua, 33, atacante do grego Panthrakikos o elenco que defendeu o Taiti na Copa das Confederações seria inteiro formado por atletas amadores. E, no retorno da equipe ao país da Oceania, o camisa 3 anunciou sua aposentadoria dos gramados. Em entrevista a uma rádio local, Vahirua não descartou a possibilidade de defender o país na Copa do Mundo de Futebol de Areia, que acontece em setembro, no Taiti. Pelo Twitter, a federação Taitiana de Futebol lamentou a perda de seu único jogador profissional. "Hoje é um dia muito triste porque nós ficamos sabendo que Vahirua se aposentou. Obrigado por tudo, garoto." Simpatia Com pouco futebol e muito carisma, a seleção do Taiti conquistou a torcida durante a Copa das Confederações. O time foi goleado nas três vezes em que entrou em campo 6 a 1 contra a Nigéria, 10 a 0 contra a Espanha e 8 a 0 contra o Uruguai. Porém, sempre recebeu o apoio maciço dos torcedores. Na despedida, domingo, na Arena Pernambuco, os jogadores do Taiti retribuíram o carinho do público. Ao término da partida, se envolveram em uma bandeira brasileira e exibiram uma faixa com os dizeres "obrigado, Brasil".  

continua após publicidade