Esportes

Comissão de Vistoria da FPF pede melhorias no Bom Jesus da Lapa

Da Redação ·
 Comissão de Vistoria da FPF  encontrou algumas irregularidades no estádio
fonte: Sergio Rodrigo
Comissão de Vistoria da FPF encontrou algumas irregularidades no estádio

O presidente da Comissão de Vistoria da Federação Paranaense de Futebol (FPF), o engenheiro Reginaldo Cordeiro, esteve ontem à tarde no Estádio Municipal Bom Jesus da Lapa e disse que a praça esportiva apucaranense vai precisar de algumas melhorias para poder sediar os jogos do Roma Esporte Apucarana no Campeonato Paranaense da Divisão de Acesso 2010, que terá início no próximo mês.

continua após publicidade


“De alguns anos para cá o estádio recebeu muitas obras e hoje é um dos melhores do Interior do Estado, mas ainda necessita de algumas benfeitorias para dar total conforto e segurança aos torcedores que comparecerem ao local”, destaca Cordeiro.


Em sua avaliação nesta quinta-feira, o presidente da Comissão de Vistoria da FPF e que também atua como vice-presidente da entidade, exige a retirada de pedras próximas ao portão principal e acima da arquibancada descoberta, a colocação de piso cerâmico e azulejos nos sanitários da torcida visitante, de um lavatório no banheiro da imprensa, a colocação de bancos e mesas nas cabines de rádio e tevê, e guarda-corpo na arquibancada coberta para os cadeirantes.

continua após publicidade

“Com estas melhorias, o estádio ficará apto para sediar os jogos do Campeonato Paranaense”, disse Cordeiro, que hoje pela manhã vistoria o Estádio do Café, em Londrina.

continua após publicidade


Ainda participaram da vistoria, o tenente Israel e o soldado Vandresen, da Policia Militar, o sargento Schmuker e o cabo Simeão, do Corpo de Bombeiros, os engenheiros Christian Massago e Thiago Nalim e a arquiteta Mariana Vaz de Genova, do Crea, o diretor da Secretaria de Obras da Prefeitura, Josué Ferraz Dutra, com o Roma sendo representado por Aldo Mazeto e Luis Fabene.


Na sua vinda a Apucarana, Cordeiro recebeu os laudos do Corpo de Bombeiros, Prefeitura, Vigilância Sanitária e do Crea, faltando apenas o da PM, que deve ser encaminhado à FPF até quatro dias antes do início do campeonato.