Esportes

Serena vence Sharapova e volta a ser campeã em Roland Garros após 11 anos

Da Redação ·
 Serena vence Sharapova e volta a ser campeã em Roland Garros após 11 anos
fonte: Google - www.washingtonpost.com -
Serena vence Sharapova e volta a ser campeã em Roland Garros após 11 anos





SÃO PAULO, SP, 8 de junho (Folhapress) - "Não vou mentir. O meu retrospecto contra Serena me incomoda", afirmou Maria Sharapova na véspera da final de Roland Garros.

Apesar do incômodo, a tenista russa de 26 anos não conseguiu acabar com o tabu e perdeu novamente para Serena Williams, agora na final de Roland Garros, hoje, por duplo 6/4, em 1 hora e 46 minutos.

Em 16 confrontos, a americana de 31 anos ganhou 14, sendo que saiu vencedora nos últimos 13. A última vez em que Sharapova ganhou da rival foi em 2004.

Esta foi a segunda vez que Serena venceu Roland Garros. O primeiro fora em 2002. Foi ainda o seu 16º título de Grand Slam. Entre as tenistas em atividade, quem aparece mais próxima é justamente a irmã mais velha de Serena, Venus, com 7.

Invicta há 31 partidas seguidas, a americana soma agora 52 títulos na carreira e vai disparar na ponta do ranking mundial. Ela ainda se tornou a mais velha a ganhar o torneio francês.

Já Sharapova cairá uma posição e aparecerá, nesta segunda-feira, como a número 3, sendo ultrapassada pela bielorrussa Victoria Azarenka.

Hoje, Serena começou lenta e viu Sharapova abrir 2 a 0. A americana, porém, passou a colocar os nervos no lugar e rapidamente devolveu a quebra.

A russa se manteve instável com o serviço e acabou perdendo o primeiro set por 6/4.

No segundo set, a americana tratou de forçar a devolução do serviço da russa logo no começo. Depois, chegou a sacar a 200 km/h e se manteve firma até fechar novamente por 6/4.

Marca

Serena se tornou a tenista mais velha a conquistar o título de Roland Garros. Aos 31 anos e 256 dias, a americana superou a marca da compatriota Chris Evert, que em 1986 foi campeã em Paris com 31 anos e 169 dias.

Da chamada Era Aberta (ou profissional), a tenista que foi campeã com mais idade foi a americana Martina Navratilova, campeã em Wimbledon-1990 com 33 anos e 263 dias.

Outro tabu quebrado por Serena foi o de fazer Roland Garros ver a número 1 do ranking mundial voltar a ser campeã no saibro francês, algo que não acontecia desde 2007, com a belga Justine Henin.
 

continua após publicidade