Esportes

Ingressos nas oitavas com prioridade aos mais assíduos

Da Redação ·
Corintianos lotaram o Pacaembu nos jogos da Libertadores
fonte: Ari Ferreira
Corintianos lotaram o Pacaembu nos jogos da Libertadores

As oitavas-de-final da Copa Libertadores começará antes para alguns torcedores do Corinthians, mais precisamente, para os mais assíduos membros do programa de sócio-torcedor do clube, que terão prioridade na compra dos ingressos para o segundo confronto desta fase, que será disputado na semana de 3 a 7 de maio - adversário ainda não está definido.

continua após publicidade

Assim como ocorreu na venda para a primeira fase, aqueles que terão prioridade serão aqueles que mais utilizaram o bilhete magnético até hoje. Na ocasião, 1.984 torcedores do programa Fiel Torcedor, que haviam comprado dez ou mais ingressos desde que o projeto começou, puderam comprar antes dos outros. Desta vez, para as oitavas-de-final, o número mínimo de jogos será definido até amanhã, quando a diretoria definirá datas e, possivelmente, pela manutenção dos valores.

- Não temos nada confirmado, ainda temos que definir algumas coisas com a nossa diretoria. Esperamos ter notícias ao nosso torcedor até amanhã (terça-feira) - explicou Lúcio Blanco, supervisor de arrecadação do clube.

continua após publicidade

Idealizado pelo departamento de marketing, o programa Fiel Torcedor foi criado com três objetivos: fidelizar torcedores, acabar com o sofrimento nas enormes filas que se criavam em grandes jogos, além de render receita antecipada ao clube. Já são quase 60 mil adesões, número maior do que a capacidade do Pacaembu, atualmente de 41.199 lugares.

- Vai chegar o dia que não precisaremos nem abrir venda na bilheteria. É bom que todos os torcedores tenham isso em mente - afirmou o presidente Andrés Sanchez.

Atualmente, são três tipos de serviço: o Minha Vida tem anuidade de R$ 100 e desconto e prioridade para ingresso de arquibancada. O Minha História, anuidade de R$ 600 e ingresso de cadeira especial laranja, e o Meu Amor, por R$ 1,2 mil no ano, com direito ao Setor VIP.