Esportes

Oscar Schmidt luta contra tumor no cérebro

Da Redação ·
Ex-jogador brasileiro Oscar Schmidt precisará de tratamento
fonte: Sérgio Lima/Folhapress
Ex-jogador brasileiro Oscar Schmidt precisará de tratamento

O ex-jogador Oscar Schmidt, considerado o maior de todos os tempos no basquete brasileiro, luta contra um tumor no cérebro, e, de acordo com a família, precisará fazer tratamento até o resto de sua vida.

Em maio de 2011, o "Mão Santa" já havia passado por cirurgia em função do problema. O tumor maligno aumentou recentemente após o ex-jogador realizar exames de rotina. Ele precisou passar por uma nova cirurgia, em abril.

"Ele fez cirurgia após ter aumentado o tumor. O Oscar descobriu que cresceu um pouquinho porque ele tem que fazer controle daquele primeiro tumor. Como cresceu, foi necessária uma nova cirurgia. Ele vai ter que fazer esse controle e esse tratamento até morrer", revelou Cristina, esposa do ex-jogado.

O ex-jogador não queria que a notícia viesse a público, mas ela vazou no último final de semana, em almoço realizado para comemorar os 50 anos do título mundial da seleção brasileira.

Oscar faz parte do Hall da Fama do Naismith Memorial Basketball desde fevereiro deste ano.

No Brasil, Oscar atuou por Palmeiras, Sírio, Corinthians, Bandeirantes, Barueri e Flamengo. Na Europa, passou por Caserta e Pavia, da Itália, e do Forum Valladolid, da Espanha.

Além disso, o "Mão Santa" atuou pela seleção entre 1977 e 1996.


As informações são de matéria do jornalista José Ricardo Leite, do UOL Esporte

continua após publicidade