Esportes

Time carioca recebe rival em Juiz de Fora

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 28 de maio (Folhapress) - Sem poder atuar no Rio, o Flamengo volta a Minas e conta com o apoio da torcida para conseguir a primeira vitória no Nacional. O time enfrenta a Ponte Preta amanhã, às 21, no estádio Municipal de Juiz de Fora, pela segunda rodada da competição. Na estreia, o Flamengo ficou no 0 a 0 com o Santos no estádio Mané Garrincha, em Brasília -apesar da condição de visitantes, os flamenguistas foram maioria nas arquibancadas do Distrito Federal. Com o Engenhão interditado e o Maracanã em obras, a equipe rubro-negra ficou "sem teto' na capital fluminense e jogará longe do Rio no início do Brasileiro. O time de Jorginho jogará uma partida oficial em Juiz de Fora pela segunda vez no ano. A situação, porém, não incomoda o goleiro Felipe, que conta com o apoio da torcida mesmo longe da capital fluminense. "Com certeza, em Juiz de Fora, a torcida vai aparecer e ficaremos tranquilos para fazer um bom jogo. Pedimos o apoio do flamenguista para que a gente fique à vontade em campo', afirmou o camisa 1. Contra o Campinense-PB, pela segunda fase da Copa do Brasil, o estádio mineiro recebeu pouco mais de 18 mil flamenguistas em suas arquibancadas. O técnico rubro-negro faz mistério e não revelou a equipe titular. A maior dúvida é no ataque: contratado para ser o centroavante da equipe , o ex-gremista Marcelo Moreno disputa posição com Hernane. Já a Ponte tenta surpreender o Flamengo e se reabilitar da derrota em casa ante o São Paulo na rodada de estreia. Destaque do Mogi Mirim no Paulista, o meia Roger Gaúcho pode fazer sua estreia amanhã pelo time de Campinas. FLAMENGO Felipe; Léo Moura, Renato Santos, González e Ramon; Luiz Antonio, Elias, Renato e Gabriel; Rafinha e Hernane (Marcelo Moreno). Técnico: Jorginho PONTE PRETA Edson Bastos; Cicinho, Cleber, Ferron e Uendel; Baraka, Magal, Fernando (Roger Gaúcho) e Chiquinho; William e Rildo. Técnico: Guto Ferreira Estádio: Municipal de Juiz de Fora (MG) Horário: 21h Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)  

continua após publicidade