Esportes

Djokovic supera resistência de belga e vence na estreia

Da Redação ·
Novak Djokovic sofreu mais do que esperava para vencer o belga David Goffin em sua estreia no saibro de Roland Garros. O número 1 do mundo superou a resistência oferecida pelo rival, 58º do ranking, e fechou a partida em sets diretos, com parciais de 7/6 (7/5), 6/4 e 7/5. Goffin, de 22 anos, proporcionou um bom jogo ao público francês ao não se intimidar diante do favorito. O belga conteve a agressividade do sérvio no início e levou o primeiro set para o tie-break, vencido pelo líder do ranking. Na segunda parcial, Goffin manteve o bom nível da partida - cravou 32 bolas vencedoras em toda a partida, contra 26 do número 1 - e chegou a quebrar o saque de Djokovic. O belga, contudo, acabou sucumbindo às próprias falhas no terceiro set (foram 38 erros não forçados, diante dos 31 do sérvio). No momento mais decisivo da parcial, ele desperdiçou um match point quando tinha chance de ter um break point para empatar o set. Djokovic tirou proveito dos vacilos do jovem rival e sacramentou a vitória após 2h13min de confronto. Na segunda rodada, Djokovic vai enfrentar o argentino Guido Pella, que precisou de cinco sets para eliminar o croata Ivan Dodig (4/6, 6/4, 6/3, 2/6 e 12/10) em 3h24min. Se confirmar o favoritismo, o sérvio deverá cruzar com o búlgaro Grigor Dimitrov, uma das sensações da temporada. Em Paris, o número 1 do mundo busca vencer o único grande torneio que ainda não conquistou, fechando o Grand Slam. Antes de Djokovic faturar sua primeira vitória em Roland Garros, os cabeças de chave Tommy Haas, Mikhail Youzhny e Philipp Kohlschreiber garantiram suas vagas na segunda rodada. Já Alexandr Dolgopolov e Florian Mayer, outros pré-classificados, foram eliminados logo na estreia. Mayer abandonou o jogo no início do quarto set. Mas não foi o único a desistir nesta terça-feira. Simone Bolelli e Bernard Tomic também abandonaram suas partidas de estreia. Tomic não pôde contar com a presença do pai, que também é seu treinador, nas dependências do complexo. Ele foi banido da competição por agredir o filho e um dos parceiros de treino do tenista. Com as desistências de Tomic, Bolelli e Mayer, avançaram à segunda rodada Victor Hanescu e Lu Yen-Hsun e Denis Istomin. Além deles, garantiram a classificação Nikolay Davydenko, Dmitry Tursunov, Federico Delbonis, Jack Sock e Lucas Pouille.
continua após publicidade