Esportes

Djokovic e Nadal podem fazer semi em Roland Garros

Da Redação ·
O sorteio da chave masculina de Roland Garros, realizado nesta sexta-feira em Paris, indicou que Novak Djokovic e Rafael Nadal poderão se enfrentar nas semifinais. O sérvio e o espanhol caíram do mesmo lado da chave e vão disputar uma vaga na decisão caso confirmem o favoritismo. Em 2012, eles se enfrentaram na decisão de Roland Garros, com vitória de Nadal. Neste ano, na temporada de saibro na Europa, Djokovic encerrou uma série de oito títulos de Nadal no Masters 1000 de Montecarlo ao derrotá-lo na decisão. Depois, porém, oscilou, enquanto o espanhol foi campeão dos Masters 1000 de Madri e Roma. Dono de sete títulos em Roland Garros, Nadal só perdeu uma partida em Paris, na edição de 2009, para o sueco Robin Soderling. Ele é o cabeça de chave número 3 desta edição do torneio e vai estrear diante do alemão Daniel Brands, 60º colocado no ranking da ATP. Depois, ele pode pegar, em ordem, o eslovaco Martin Klizan, o italiano Fabio Fognini e o japonês Kei Nishikori. O adversário de Nadal nas quartas de final poderá ser o francês Richard Gasquet. Atual vice-campeão de Roland Garros, Djokovic vai estrear diante do Belga David Goffin, número 57 do mundo. Em seguida, pode cruzar com o croata Ivan Dodig. Na terceira rodada, o número 1 do mundo poderá ter pela frente o búlgaro Grigor Dimitrov, seu algoz no Masters 1000 de Madri deste ano. Se passar, poderá encarar o alemão Philipp Kohlschreiber nas oitavas de final. Nas quartas de final, Djokovic poderá fazer um duelo sérvio com o compatriota Janko Tipsarevic. Número 3 do mundo, o suíço Roger Federer teve sorte na definição da chave de Roland Garros, torneio vencido por ele em 2009. O dono de 17 títulos dos torneios do Grand Slam terá pela frente jogadores vindos do qualifying na primeira e segunda rodadas. Na terceira, ele poderá encarar o francês Julien Benneteau, que o superou no Torneio de Roterdã deste ano. O francês Gilles Simon é um possível adversário nas oitavas de final, enquanto o francês Jo-Wilfried Tsonga poderá ser o oponente nas quartas de final. Nas semifinais de Roland Garros, Federer poderá ter pela frente o espanhol David Ferrer, número 5 do mundo, ou o checo Tomas Berdych, sexto colocado no ranking da ATP. Único representante brasileiro em Roland Garros após a desistência de Thomaz Bellucci, contundido, Rogério Dutra Silva também já conhece o seu adversário de estreia em Paris. O número 94 do mundo vai encarar o letão Ernests Gulbis, 39º colocado no ranking da ATP. Eles se enfrentaram apenas uma vez, na edição de 2012 do Torneio de Kitzbuhel, na Áustria, com vitória do tenista brasileiro. Se avançar, Dutra Silva pode enfrentar Berdych na seguda rodada de Roland Garros.
continua após publicidade