Esportes

Muricy vê Neymar perto do Barça e sonha com Robinho

Da Redação ·
O Santos chegou a recusar na última quarta-feira uma oferta de 17,5 milhões de euros por Neymar feita pelo Barcelona, mas o técnico Muricy Ramalho já começa a projetar a preparação do time sem a presença do atacante em um futuro bem próximo. O jogo da última quarta-feira diante do Joinville, que terminou em 0 a 0 e classificou a equipe santista para a próxima fase da Copa do Brasil, pode ter sido o último do craque com a camisa do clube na Vila Belmiro. Após o confronto, Muricy reconheceu que nunca viu o astro tão próximo de dar adeus ao Santos. "Percebemos que agora estão pressionando os dois lados. Nunca esteve tão perto (de sair) como agora. Eram muitos comentários. Mas não temos notícias. Não sei o que estão conversando. E vai chegar o momento que ele terá que ir. Já está escrito desde o começo da carreira. Para o futebol brasileiro, é uma grande perda. É o único ídolo que temos no País", disse o treinador, em entrevista coletiva. E o treinador admite que já é preciso traçar um planejamento para a provável saída de Neymar, que deixará o Santos ainda mais enfraquecido do que já está. "Se preparar para perdê-lo é difícil. A diretoria está atenta a esse negócio, mas uma hora precisamos sentar para ter esse plano. Temos que continuar e o Santos segue. Tomara que isso se resolva logo. Não sou de reclamar, mas já está atrapalhando um pouco", completou Muricy, admitindo que a situação de indefinição sobre o futuro vem influindo nas atuações do craque, que já está há sete jogos sem marcar gols. "Acho que tem que definir as coisas. Chegou a hora de uma decisão. Ele é ser humano. Tem hora que fica um pouco nervoso e nunca ficou assim. Por mais que digam que está preocupado, se sente um pouco", apontou o técnico, reconhecendo também que existe uma preferência de Neymar por atuar no Barcelona no futebol europeu. "Sinto isso. E o jogador tem que escolher o que ele gosta. Percebemos que o dinheiro não vai mexer com ele. Ele vai escolher onde vai jogar e onde vai se sentir bem. Todos nós gostaríamos de vê-lo com o Messi. Não só com o Messi, mas com Xavi e Iniesta. Eu iria parar para ver Campeonato Espanhol toda semana", confessou. Já ao comentar o fato de que o Santos voltou a sonhar com o retorno de Robinho, um ídolo que teve duas passagens de sucesso pelo clube, Muricy não escondeu a empolgação com a possibilidade de o clube contratá-lo mais uma vez. Após ter encerrado a atual temporada europeia com o Milan, o jogador curte as férias na Baixada Santista desde a noite de segunda-feira. "Ele é um ídolo. Vi o Robinho jogar no último fim de semana para vê-lo como estava. A gente começa a pensar nas coisas, né? Viraram o jogo e classificaram para a Champions (Liga dos Campeões). E ele é um ídolo. Em caso de perda do Neymar, seria uma felicidade trazer o Robinho", sonha.
continua após publicidade