Esportes

Times empatam sem gols em São Januário

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 23 de maio (Folhapress) - O Fluminense parou na defesa do Olimpia e não passou de um empate por 0 a 0 ontem, em São Januário, pela ida das quartas de final da Taça Libertadores. Com o resultado, a equipe carioca precisa de um empate com gols para avançar às semifinais. Novo 0 a 0 leva a decisão da vaga para a disputa de pênaltis. O jogo de volta acontece na próxima quinta-feira, às 22h, no estádio Defensores del Chaco, em Assunção. Sem Thiago Neves, o técnico Abel Braga colocou uma formação ofensiva: Rhayner, Wellington Nem e Fred formaram o ataque do Fluminense. Wagner era o responsável pela armação das jogadas. Armado no 3-5-2, o Olimpia pouco incomodou a equipe carioca. E levou um susto logo aos 5min, quando o zagueiro Leandro Euzébio ficou livre na área, mas teve a conclusão desviada para a linha de fundo. O time brasileiro só voltou a incomodar doze minutos depois. Jean arriscou com liberdade e o goleiro Martín Silva espalmou para evitar o gol. O Fluminense rondou a área adversária durante todo o primeiro tempo, porém não conseguiu invadir. Aos 21min, em uma cobrança de falta, Fred acertou a cabeça do volante Ortiz. O jogador da equipe paraguaia teve que receber atendimento após cair no gramado. Já no fim da etapa, aos 45min, Báez chutou cruzado e Bareiro não alcançou a bola na única jogada de perigo do time paraguaio. Após o intervalo, o Fluminense repetia os erros do primeiro tempo. Ficava com a bola, tocava de um lado para outro, mas não chutava a gol. Aos 30min, o meia Wagner se esticou para finalizar rente à trave de Silva. Depois da conclusão, ele sentiu dores musculares e foi substituído por Felipe. Sete minutos depois, o volante Aranda, que já possuía amarelo, levou o segundo cartão e foi expulso. O Fluminense pressionou até o fim, mas não conseguiu o gol. FLUMINENSE Diego Cavalieri; Bruno (Rafael Sobis), Digão, Leandro Euzébio e Carlinhos; Edinho (Samuel), Jean e Wágner (Felipe); Wellington Nem, Rhayner e Fred. Técnico: Abel Braga OLIMPIA Silva; Manzur, Miranda e Candia; Gimenez (Pérez), Aranda, Ortíz, Báez (Ariosa) e Salinas; Salgueiro (Castorino) e Bareiro. Técnico: Ever Almeida Estádio: São Januário, no Rio Árbitro: Roberto Silvera (Uruguai) Cartões amarelos: Bruno, Jean, Edinho (F), Manzur, Aranda e Ortíz (O) Cartão vermelho: Aranda (O) Público: 14.215 pagantes Renda: R$ 544,110,00  

continua após publicidade