Esportes

Cresço e me fortaleço com as derrotas, diz Luxemburgo

Da Redação ·
esteve na corda bamba na equipe gaúcha após a eliminação na Taça Libertadores da América
fonte: www.lancenet.com.br
esteve na corda bamba na equipe gaúcha após a eliminação na Taça Libertadores da América

SÃO PAULO, SP, 21 de maio (Folhapress) - Depois de ser mantido no cargo, o técnico do Grêmio, Vanderlei Luxemburgo, afirmou hoje que a equipe é candidata ao título do Campeonato Brasileiro.

Luxemburgo esteve na corda bamba na equipe gaúcha após a eliminação na Taça Libertadores da América -perdeu para o Santa Fé na última quinta-feira. A permanência do treinador foi definida na noite de ontem após uma reunião do técnico com a cúpula gremista.

"Acho que o Grêmio entra como um dos candidatos. A Copa do Brasil é outra competição que podemos jogar. Temos duas competições para buscar o objetivo. Nada fugiu da rotina do futebol. Entramos com propriedade de campeão. Entramos para ganhar. Temos obrigação de brigar pelo título do Brasileiro e da Copa do Brasil", disse Luxemburgo em entrevista coletiva hoje.

"A derrota pertence aos campeões dependendo de como lidar com ela. Eu cresço e me fortaleço com as derrotas. É delas que construo os times vencedores."

Apesar da reunião realizada na segunda-feira para definir seu futuro, Luxemburgo afirmou que não se sentiu ameaçado no cargo. "Surgiu na imprensa isso [de demissão]. Não vi o presidente [Fábio Koffi] falando que tinha dúvida. Para quem gosta de ganhar, esses dias são doídos. Fiquei com a família, curtindo a família, os netos, e nos preparando para a sequência do trabalho", defendeu Luxemburgo, que citou a passagem de Felipão pelo Grêmio na década de 90.

"É história do futebol. Culturalmente é assim. Só sai de um estádio para outro. Vocês não estão errados. Foi uma expectativa totalmente natural, normal. Sou tranquilo, entendo a situação de vocês. Falo só da experiência do futebol. Aqui no Grêmio, com o Felipão também aconteceu. O presidente contou", comentou.

Logo após a eliminação, Fábio Koff colocou o futuro do treinador no clube em xeque. O Grêmio estreia no Brasileiro no próximo domingo, quando recebe o Náutico.
 

continua após publicidade