Esportes

De olho na Copa do Brasil, Santos cancela folga após perder título

Da Redação ·

SANTOS, SP, 20 de maio (Folhapress) - O Santos ainda não havia definido a rotina de treinos após a final do Campeonato Paulista, mas em caso de título o time tinha previsto folga hoje.

Como perdeu a taça para o Corinthians, após empate por 1 a 1 na Vila Belmiro, neste domingo, a equipe volta aos treinos às 16h de hoje.

Não haverá, contudo, entrevistas no CT Rei Pelé. Os titulares vão fazer um trabalho de recuperação, enquanto o restante do time trabalhará com bola.

A justificativa oficial é que o time tem nova decisão na quarta-feira, quando recebe o Joinville na Vila Belmiro pelo jogo de volta da segunda fase da Copa do Brasil.

Como venceu por 1 a 0 fora de casa, um empate dá a vaga na terceira fase. O técnico Muricy Ramalho, no entanto, disse que o foco está neste jogo.

Sobre o futuro, ele admitiu que já pensa em reforços para o Brasileiro --a estreia será domingo contra o Flamengo, no Distrito Federal--, mas não aceitou antecipar nomes.

"Temos de sentar agora para ver. Temos Brasileiro e Copa do Brasil. Já temos um jogo na quarta-feira. Até lá não deve mudar nada. Depois temos de pensar no Brasileiro. É longo e precisamos definir algumas coisas para reforçar o time", disse o treinador.

Atacantes

Em meio a especulação sobre a saída de Neymar, o Santos enfrentar um outro problema: o jejum de seus atacantes.

Já são seis jogos sem que um atleta do setor anote tentos para a equipe. A última vez foi com André, dia 16 de abril, na última rodada da primeira fase do Paulista -vitória por 2 a 1 contra o Barbarense.

Depois os zagueiros Edu Dracena e Durval (duas vezes) e o meia Cícero (duas vezes) responderam pelos gols do time.

André é um dos mais criticados pela torcida santista. No domingo, ao perder duas chances claras contra o Corinthians na final do Paulista, foi vaiado e ouviu os torcedores pedirem Miralles.

O problema é que o argentino também vive um jejum. E quando inicia como titular não agrada o técnico Muricy Ramalho. O mesmo acontece com Patito Rodríguez. Giva, outra opção, está machucado.

Willian José

Em meio ao jejum no ataque, o Santos também trata da negociação de empréstimo do atacante Willian José, ex-São Paulo e Grêmio.

Ele viria sem custos, emprestado pelo Maldonado-UR até maio de 2014. Oficialmente, o time deve se pronunciar sobre o caso após o jogo de quarta contra o Joinville, na Vila Belmiro, pela segunda fase da Copa do Brasil.

"Willian José foi falado no início do ano e não veio. Vamos ter de conversar ainda. Temos de ser fortes nesse setor, mas em outros também. Temos de ter plantel", disse Muricy Ramalho.
 

continua após publicidade