Esportes

Após título, Nadal retoma 4º lugar no ranking da ATP

Da Redação ·
O espanhol Rafael Nadal retomou o quarto lugar do ranking, superando o compatriota David Ferrer, na lista atualizada pela ATP nesta segunda-feira. Ele voltou à posição pela diferença de apenas 155 pontos após conquistar seu sexto título da temporada, no domingo, no Masters 1000 de Roma. Na final, Nadal superou o suíço Roger Federer, que permaneceu na terceira posição, atrás do escocês Andy Murray e do sérvio Novak Djokovic, líder disparado no ranking. Ao voltar ao 4º lugar, Nadal garante a mesma posição entre os cabeças de chave de Roland Garros, que terá início no domingo. Assim, evitará duelos contra os três primeiros do ranking antes das semifinais. A subida de Nadal não foi a única alteração no Top 10 da ATP. Com os resultados de Roma, o sérvio Janko Tipsarevic desbancou o suíço Stanislas Wawrinka e voltou ao posto de número 10 do mundo. O maior destaque do Top 30 foi a ascensão do francês Benoit Paire, grande surpresa em Roma. Ao alcançar as semifinais, ele ganhou pontos suficientes para galgar 10 colocações no ranking, chegando à 26ª posição. No ranking da temporada, que definirá os classificados para o ATP Finals, Nadal superou Djokovic e alcançou o topo, embalado pelos seis títulos e oito finais disputadas em 2013.o sérvio é seguido por Murray, Ferrer, Tomas Berdych, Federer, Wawrinka e Juan Martín del Potro. A principal mudança foi a entrada de Federer nesta lista. O suíço subiu cinco posições para chegar até o sexto posto - somente os oito primeiros disputam o torneio de Londres, no fim da temporada. Federer, de 31 anos, disputou a primeira final do ano em Roma em seu novo planejamento de disputar menos competições para evitar desgaste físico. Ainda sem competir neste mês, o brasileiro Thomaz Bellucci perdeu mais uma colocação na lista geral da ATP. Passou de 39º para 40º. Ele ainda recupera de uma lesão no abdômen e espera fazer seu retorno às quadras em Roland Garros. Também incluído no Top 100, Rogério Dutra Silva ocupa o 94º lugar. Nas duplas, o brasileiro Bruno Soares e o austríaco Alexander Peya se mantiveram na segunda posição na lista da temporada, apesar da derrota logo na estreia em Roma. A dupla também sonha com a vaga no ATP Finals, em novembro. Confira os 20 primeiros colocados do ranking da ATP: 1º - Novak Djokovic (Sérvia), 12.310 pontos 2º - Andy Murray (Escócia), 8.670 3º - Roger Federer (Suíça), 8.000 4º - Rafael Nadal (Espanha), 6.895 5º - David Ferrer (Espanha), 6.740 6º - Tomas Berdych (República Checa), 4.700 7º - Juan Martín del Potro (Argentina), 4.320 8º - Jo-Wilfried Tsonga (França), 3.795 9º - Richard Gasquet (França), 3.090 10º - Janko Tipsarevic (Sérvia), 2.640 11º - Stanislas Wawrinka (Suíça), 2.630 12º - Marin Cilic (Croácia), 2.570 13º - Nicolas Almagro (Espanha), 2.490 14º - Tommy Haas (Alemanha), 2.340 15º - Kei Nishikori (Japão), 2.315 16º - Milos Raonic (Canadá), 2.225 17º - Gilles Simon (França), 1.940 18º - Philipp Kohlschreiber (Alemanha), 1.750 19º - Juan Monaco (Argentina), 1.750 20º - Sam Querrey (EUA), 1.730 40º - Thomaz Bellucci (BRASIL), 967 94º - Rogério Dutra Silva (BRASIL), 571
continua após publicidade