Esportes

Marcelo Oliveira confirma Cruzeiro com Egídio na lateral

Da Redação ·
Embora tenha fechado por mais de uma hora o treino que o Cruzeiro realizou na manhã desta sexta-feira da Toca da Raposa II, o técnico Marcelo Oliveira confirmou a escalação da equipe que enfrentará o Atlético neste domingo, às 16 horas, no Mineirão, no jogo de volta da final do Campeonato Mineiro. O treinador adiantou que a única novidade da equipe cruzeirense será a presença de Egídio no lugar de Everton na lateral esquerda, em uma opção que visa tornar o time mais forte na parte ofensiva em sua missão de buscar uma vitória por três ou mais gols de diferença para ser campeão. Por terem vencido por 3 a 0 no jogo de ida, os atleticanos podem perder por até dois gols neste domingo. Já o volante Tinga, hoje reserva do time cruzeirense, foi confirmado como desfalque da equipe por estar lesionado. Com isso, desta vez ele ficará fora da lista de relacionados após ter ficado à disposição para o jogo de ida da final. "O time está escalado. A modificação é o Egídio, que entra na vaga do Everton, no sentido de termos mais opção ofensiva pelo lado esquerdo. O Egídio, além da jogada ofensiva, tem a bola parada muito boa e isso também não tira o valor do Everton, que é um lateral que vai nos ajudar muito", justificou Marcelo Oliveira, em entrevista coletiva, após dirigir treino tático nesta sexta. O treinador ainda lamentou a ausência de Tinga como opção para o clássico de domingo. "Não vou poder contar com o Tinga, ele está fora por questão de contusão, infelizmente, porque é um jogador que realmente vinha entrando sempre e ajudando muito, porque marca e joga e tem uma certa liderança também. Mas ele está fora. O Tinga talvez só para o Campeonato Brasileiro, teve um problema muscular e infelizmente não podemos contar com ele", avisou, se referindo ao confronto do próximo dia 16 de março, contra o Goiás, no Estádio Independência, em Belo Horizonte. Desta forma, o Cruzeiro deve ir a campo neste domingo com a seguinte formação: Fábio; Ceará, Paulão, Leo e Egídio; Leandro Guerreiro, Nilton, Everton Ribeiro e Diego Souza; Dagoberto e Borges.
continua após publicidade