Esportes

Palmeiras define estratégia para diminuir as penas de Danilo

Da Redação ·
 Defesa de Danilo vai usar troca de ofensas com Manoel para tentar reduzir a pena do defensor palmeirense, que pode ser suspenso por 22 jogos
fonte: Rodrigo Coca/Foto Arena/AE
Defesa de Danilo vai usar troca de ofensas com Manoel para tentar reduzir a pena do defensor palmeirense, que pode ser suspenso por 22 jogos

O Palmeiras usará o pedido de desculpas do zagueiro Danilo, feito nesta sexta-feira (16), para atenuar a pena do jogador nas esferas desportiva e criminal por ter chamado o defensor Manoel, do Atlético-PR, de “macaco”.

continua após publicidade

As grandes armas da defesa do Verdão, no entanto, são a participação de dirigentes do Furacão no convencimento de que a vítima deveria levar o caso adiante e uma imperfeição na narração do ocorrido na delegacia.

continua após publicidade

Segundo o advogado do Palmeiras André Sica, o fato de Manoel ter dito logo ao fim do jogo que a rixa ficaria apenas dentro do campo indica uma intervenção externa que pode ajudar o Verdão a defender Danilo, fazendo com que ele pegue a suspensão mínima no campo e obtenha um acordo na área penal.

Danilo pode pegar 22 jogos de suspensão por estar enquadrado em dois artigos do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva): o 254-B, pela cusparada, cuja punição é de seis a 12 jogos, e o 243-G, pelo ato discriminatório, com suspensão prevista de cinco a dez partidas.