Esportes

Nadal e Ferrer vencem e vão às oitavas de final em Roma

Da Redação ·
Os espanhóis Rafael Nadal e David Ferrer estrearam com vitória no Masters 1.000 de Roma, nesta quarta-feira, em jogos bastante distintos. Enquanto o primeiro deles arrasou o italiano Fabio Fognini por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/3, o atual quarto colocado do ranking da ATP sofreu para superar o seu compatriota Fernando Verdasco por 2 a 1, de virada, com 5/7, 7/5 e 6/3. Campeão de cinco torneios desde que voltou às quadras após sete meses de afastamento por causa de uma lesão no joelho, sendo o último deles obtido no Masters 1.000 de Madri, Nadal se garantiu nas oitavas de final da competição disputada em quadras de saibro na capital italiana e agora terá pela frente o letão Ernests Gulbis. O tenista da Letônia avançou nesta quarta ao bater o sérvio Viktor Troicki por duplo 6/1. Já Ferrer, quarto cabeça de chave da competição, terá pela frente nas oitavas o alemão Philipp Kohlschreiber, que neste dia de confrontos derrotou o espanhol Albert Ramos por 6/4 e 6/1. Grande tenista de saibro da atualidade, Nadal precisou de 61 minutos para liquidar Fognini, que contou com o apoio da torcida local que lotou a quadra central do torneio romano. No primeiro set, o espanhol foi arrasador ao aproveitar três de seis chances de quebrar o saque do italiano e ainda ganhou 81% dos pontos que disputou quando encaixou o primeiro serviço para fazer 6/1. Na segunda parcial, Fognini chegou a esboçar uma reação ao quebrar o saque de Nadal uma vez, mas o espanhol converteu dois de cinco break points para garantir o 6/3 que definiu o duelo. Mas, se Nadal ganhou sem maiores problemas, Ferrer só foi superar seu rival de estreia após longas duas horas e 26 minutos de batalha. Com aproveitamento de apenas 33% no primeiro saque no set inicial, ele teve o serviço quebrado por Verdasco em um dos dois break points cedidos ao adversário e, sem obter quebras, foi batido por 7/5. No segundo set, Ferrer começou a reagir ao aproveitar duas de quatro chances de quebra de saque e, mesmo perdendo um game com o serviço na mão, devolveu o 7/5. E, na derradeira parcial, ele converteu um de cinco break points e, sem sofrer nenhuma quebra, fez 6/3 para fechar a partida em 2 sets a 1.
continua após publicidade