Esportes

Marin e Felipão pedem que rivalidades sejam esquecidas

Da Redação ·





RIO DE JANEIRO, RJ, 14 de maio (Folhapress) - Antes de Luiz Felipe Scolari anunciar os convocados, o presidente da CBF, José Maria Marin, fez questão de discursar.

Com a eleição da CBF marcada para abril, ele pediu união em torno da equipe nacional.

"Apelo a todos: estamos voltados exclusivamente para a preparação da seleção. É tempo de seleção, não de eleição. Pediria humildemente para que todo nosso trabalho e preocupação fosse voltado para isso", disse Marin, que foi acompanhado pelos corredores do hotel por Marco Polo del Nero, presidente da Federação Paulista de Futebol e candidato à sucessão na CBF.

No discurso, Marin também agradeceu o apoio dos presidentes de "federações e dos clubes brasileiros". A eleição da CBF é definida pelo voto das 27 federações estaduais e dos 20 clubes que disputam a Série A do Brasileiro.

Depois, Felipão fez coro com o patrão ao pregar o apoio ao time nacional.

"Nesse momento não somos um clube, não defendemos um Estado, somos o Brasil. Espero que a partir de agora, independentemente de quem torce para A ou B, nós possamos, nesse mês de junho, trabalhar juntos pelo Brasil e pela nossa seleção", disse o treinador.

Neymar

Um dos 23 atletas convocados para a Copa das Confederações, o atacante Neymar afirmou que a seleção brasileira não terá muito tempo para se preparar para a competição.

"A gente espera se entrosar o mais rápido possível. O tempo é curto, mas é o que temos. Quero chegar bem fisicamente para ajudar com passes, gols ou carrinhos", declarou o santista à rádio Globo.

Os atletas vão se apresentar à comissão técnica no dia 27 de maio, no Rio. Os atletas envolvidos na disputa da Libertadores chegam dois dias depois. A estreia do Brasil será no dia 15 de junho, contra o Japão, em Brasília.

"Estou me preparando para chegar inteiro na Copa das Confederações e ajudar o Brasil a se tornar uma das melhores seleções do mundo. É o meu sonho", completou Neymar.
 

continua após publicidade