Esportes

É a chance de plantar uma sementinha para 2014, diz Felipão

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 14 de maio (Folhapress) - O técnico da seleção brasileira, Luiz Felipe Scolari, afirmou hoje que os 23 jogadores convocados para a Copa das Confederações têm a chance de plantar uma "sementinha" e cravar seus nomes no grupo que disputará a Copa do Mundo-2014.

"Essa é uma lista da Copa das Confederações. Os convocados podem aproveitar a chance e plantar uma sementinha para a Copa do Mundo. Temos projetos em andamento de observar jogadores que não foram convocados por mim agora e podem ser convocados futuramente", disse Felipão, afirmando que após a competição pretende dar oportunidade para jogadores que ainda não foram convocados.

"Temos de sete a oito nomes que estão jogando na Rússia, na Ucrânia e na Inglaterra que vamos fazer observações. Vamos assistir esses jogadores no local", acrescentou.

"Não temos o foco apenas dos clubes. Convocamos de acordo com as nossas observações e principalmente do que é vivido na seleção brasileira. A observação maior da parte de disciplina, do comportamento, é o que acontece na seleção e o que aconteceu conosco nos cinco amistosos", comentou.

"Levo em consideração as minhas escolhas de acordo com as observações da minha equipe. Não tenho dor de barriga e convoco quem eu quiser".

Felipão admitiu que a convocação não é unanimidade, mas pediu apoio dos torcedores.

"Temos que ter uma identificação. Somos o Brasil. Não estamos defendendo um Estado. Critiquem ou não critiquem, gostem ou não gostem, esses são os jogadores que vão defender o Brasil na Copa das Confederações", completou.

Réver

O zagueiro Réver, do Atético-MG, disse estar surpreso com a não convocação de Ronaldinho para a Copa das Confederações, anunciada hoje.

"Fui pego de surpresa, porque o Ronaldinho estava sendo chamado, vem fazendo um belo trabalho no Atlético-MG, então creio que muitas pessoas não estavam esperando a não convocação do Ronaldinho", afirmou Réver em entrevista para a Globo.

"É uma sensação muito boa. Agora é aproveitar essa confiança que o treinador depositou em mim, corresponder a altura e ajudar em campo", afirmou o zagueiro.
 

continua após publicidade