Esportes

Manchester City surpreende e demite Roberto Mancini

Da Redação ·
A diretoria do Manchester City surpreendeu e anunciou nesta segunda-feira a demissão do técnico Roberto Mancini. Ele estava no cargo desde a temporada 2009/2010, mas não resistiu à perda do título inglês para o rival Manchester United e à derrota na decisão da Copa da Inglaterra, no último sábado, quando viu sua equipe ser surpreendida pelo modesto Wigan e ficar com o vice após a derrota por 1 a 0. Mancini nunca foi uma unanimidade no City, mas a diretoria seguia prestigiando o treinador. A gota d'água, no entanto, foi justamente a derrota na decisão para o Wigan, que deixou o time sem título nesta temporada. "Apesar dos esforços de todos, o clube não conseguiu alcançar nenhum dos objetivos traçados no início deste ano, a não ser a classificação para a Liga dos Campeões da Europa", justificou o clube em comunicado. A notícia pegou a todos de surpresa, já que o Manchester City ainda tem duas partidas para disputar no Campeonato Inglês. Nesta terça, a equipe enfrenta o Reading, fora de casa, e encerra sua campanha no domingo, contra o Norwich, em casa. O assistente Brian Kidd assumirá interinamente nestes jogos. Roberto Mancini chegou ao City no início da nova 'era milionária' do clube, após a compra por um grupo dos Emirados Árabes. Com ele, a equipe se tornou uma das principais potências da Inglaterra e conquistou três títulos: a Copa da Inglaterra (na temporada 2010/2011), o Campeonato Inglês (2011/2012) e a Supercopa da Inglaterra (2012). Mas o objetivo era transformar o clube em uma potência no cenário europeu, o que não aconteceu. O Manchester City até se classificou para as últimas duas edições da Liga dos Campeões, mas decepcionou e caiu na primeira fase em ambas, apesar de contar com grandes estrelas em seu elenco, como Yaya Touré, David Silva, Tevez e Agüero. "Os números do Roberto falam por si e ele tem grande respeito e gratidão aqui por todo seu trabalho duro e compromisso nos últimos três anos e meio. Ele também conquistou o respeito e o amor de nossos fãs. Ele teve sucesso ao conquistar o Campeonato Inglês. Eu gostaria de agradecer pessoalmente e publicamente a ele pela dedicação ao progresso e por seu apoio e amizade", disse o presidente do clube, Khaldoon Al Mubarak. O Manchester City não comentou sobre o substituto de Mancini para a próxima temporada e pouco vinha sendo especulado na imprensa europeia sobre sua saída. Ao longo da temporada, no entanto, o nome de José Mourinho, do Real Madrid, foi citado em alguns rumores. Carlo Ancelotti, do Paris Saint-Germain, é outro que poderia estar na mira.
continua após publicidade