Esportes

Murray passa Federer e sobe para 2º no ranking da ATP

Da Redação ·
O britânico Andy Murray está de volta à vice-liderança do ranking da ATP. Na atualização desta segunda-feira, o tenista escocês aparece na segunda colocação da lista, com 8.750 pontos, atrás apenas do sérvio Novak Djokovic, que permanece na liderança folgada, com 12.730 pontos, mesmo após perder na sua estreia no Masters 100 de Madri. Assim, completou 81 semanas como número 1 do mundo. Murray parou nas quartas de final do Masters 1000 de Madri, realizado na semana passada, e somou apenas 180 pontos, mas se aproveitou da queda precoce de Roger Federer, que está na terceira colocação com 7.760 pontos. O suíço era o atual campeão em Madri, mas foi eliminado nas oitavas de final neste ano. Assim, perdeu 910 pontos na atualização desta segunda. O espanhol David Ferrer permanece na quarta colocação no ranking da ATP, com 6.920 pontos, mas agora está muito ameaçado pelo compatriota Rafael Nadal, que foi campeão do Masters 1000 de Madri no último domingo e chegou aos 6.895 pontos. Os dois espanhóis são seguidos pelo checo Tomas Berdych, pelo argentino Juan Martin del Potro e pelos franceses Jo-Wilfried Tsonga e Richard Gasquet. O suíço Stanilas Wawrinka subiu cinco posições no ranking da ATP e agora ocupa a 10ª colocação. Ele não fazia parte do Top 10 da lista desde outubro de 2008, mas agora voltou a assumir o posto antes ocupado pelo sérvio Janko Tipsarevic, que agora está em 11º lugar. Mesmo sem entrar em quadra na semana passada, Thomaz Bellucci permaneceu na 39ª colocação no ranking da ATP. Rogério Dutra Silva, o outro tenista brasileiro entre os 100 melhores do mundo, perdeu seis posições e agora está em 90º lugar. Já João Souza subiu para a 113ª colocação após passar pelo qualifying do Masters 1000 de Madri e ser eliminado na primeira rodada da chave principal. BRUNO SOARES - vice-campeão da chave de duplas do Masters 1000 de Madri ao lado do austríaco Alexander Peya, o brasileiro Bruno Soares alcançou o 11º lugar, a sua melhor posição no ranking de duplas da ATP, com 4.630 pontos. A lista é liderada pelos irmãos Bob e Mike Bryan, campeões em Madri, ambos com 11.560 pontos. No ranking do ano, que define as oito duplas que vão participar do ATP Finals, em novembro, Soares e Peya estão na segunda colocação, com 2.205 pontos, fruto das boas campanhas em 2013, que incluem os títulos do Brasil Open e do Torneio de Barcelona. Essa relação também é liderada pelo irmãos Bryan, com 5.555 pontos. Confira o ranking atualizado da ATP: 1.º Novak Djokovic (SER), 12.730 pontos 3.º Andy Murray (GBR), 8.750 3.º Roger Federer (SUI), 7.760 4.º David Ferrer (ESP), 6.920 5.º Rafael Nadal (ESP), 6.895 6.º Tomas Berdych (RCH), 4.520 7.º Juan Martín del Potro (ARG), 4.320 8.º Jo-Wilfried Tsonga (FRA), 3.965 9.º Richard Gasquet (FRA), 3.180 10.º Stanislas Wawrinka (SUI), 2.675 11.º Janko Tipsarevic (SER), 2.650 12.º Nicolás Almagro (ESP), 2.570 13.º Marin Cilic (CRO), 2.535 14.º Tommy Haas (ALE), 2.420 15.º Kei Nishikori (JAP), 2.270 16.º Milos Raonic (CAN), 2.225 17.º Gilles Simon (FRA), 1.940 18.º Juan Monaco (ARG), 1.830 19.º Sam Querrey (EUA), 1.790 20.º John Isner (EUA), 1.725 39.º Thomaz Bellucci (BRA), 977 90.º Rogério Dutra Silva (BRA), 572 113.º João Souza (BRA), 485 193.º Thiago Alves (BRA), 249
continua após publicidade