Esportes

Vettel se mostra contente apesar de ter liderança do Mundial ameaçada

Da Redação ·

Por Tatiana Cunha, Enviada especial BARCELONA, ESPANHA, 12 de maio (Folhapress) - Quarto colocado no GP da Espanha neste domingo em Barcelona, Sebastian Vettel viu sua margem na liderança do Mundial de F-1 cair para apenas quatro pontos em relação a Kimi Raikkonen, o segundo, mas ainda assim resolveu fazer o jogo do contente. "Acho que podemos ficar felizes com esta quarta colocação hoje", afirmou o piloto alemão, que largou em terceiro. "Os três primeiros carros estavam um pouco rápidos demais se compararmos com a gente e souberam cuidar melhor dos pneus. Conseguimos bons pontos hoje, mas obviamente a gente queria mais." Próxima Sebastian Vettel acelera para tentar se afastar de Fernando AlonsoApesar de satisfeito, Vettel disse que é preciso trabalhar para não deixar que a concorrência tome a dianteira nas próximas etapas - Fernando Alonso, da Ferrari, já é o terceiro no campeonato com 17 pontos a menos que o piloto da Red Bull. "Precisamos chegar mais perto. Nosso problema na verdade nem é o carro e sim o desgaste excessivo dos pneus que está nos atrapalhando", disse o alemão, que afirmou ter tentado fazer uma estratégia de três paradas, como Raikkonen, mas que não foi possível e ele teve de adotar a mesma tática usada pela Ferrari, mas aí já era tarde para tentar lutar pelo triunfo.  

continua após publicidade