Esportes

Palmeiras põe empenho à prova em decisão contra Atlético-PR

Da Redação ·
A semana livre pedida pelo Palmeiras chegou ao fim nesta quarta-feira
fonte: AE
A semana livre pedida pelo Palmeiras chegou ao fim nesta quarta-feira

A semana livre pedida pelo Palmeiras chegou ao fim nesta quarta-feira. Às 19h30 (de Brasília) desta quinta, o time faz no Palestra Itália o jogo de ida das oitavas-de-final da Copa do Brasil, contra o Atlético-PR, e põe à prova se o período ganho pela eliminação precoce no Campeonato Paulista foi saudável.

continua após publicidade

"Se não tivermos no mínimo vontade em um jogo decisivo, acho que estamos na profissão errada", disse o meia Diego Souza, que deverá jogar avançado no ataque. "É muito importante jogar com a casa cheia e o torcedor do nosso lado. A gente espera corresponder à altura, no mínimo com muito empenho".

Para esta partida, o técnico Antônio Carlos foi obrigado a fazer mudanças no time. Sem o contundido Cleiton Xavier, uma das vagas no meio-campo ficou com o lateral direito Figueroa, que ajudará Lincoln na saída de jogo e, sem a bola, também no até o momento deficiente sistema de marcação da equipe.

continua após publicidade

"O Figueroa é um jogador técnico, a tendência é que ajude bastante o time. Só posso opinar por mim, o Antônio não deixou nada claro do time que vai entrar em campo. Mas o Figueroa é um jogador que dá bastante qualidade ao time", despistou Lincoln, que fará a quinta partida com a camisa palmeirense.

Por sua vez, o Atlético-PR tenta esquecer a partida decisiva do final de semana, diante do rival Coritiba, que pode decidir o título do Campeonato Paranaense. O técnico Leandro Niehues, que poupou alguns jogadores na vitória diante do Paranavaí, deve contar com alguns retornos em São Paulo.

A exceção será o artilheiro Bruno Mineiro, que segue vetado pelos médicos por conta de uma lesão no tornozelo. Já Alex Mineiro voltou a treinar com o restante do grupo, mas ainda não apresenta condições de jogo. Com isso, a dupla de ataque será formada por Pepe Toledo e, possivelmente, Patrick.

continua após publicidade

O duelo será especial principalmente para o meia Paulo Baier. O meia, que já defendeu as cores do adversário, lembra que a pressão da torcida palmeirense no Palestra Itália pode ser positiva ou negativa para os donos da casa, que ainda não conseguiram uma sequência convincente de resultados neste ano.

"Todo jogo é especial e estamos preparados. A torcida do Palmeiras também ajuda. Não podemos pensar que eles vão apenas cobrar a equipe deles. Precisamos fazer uma boa partida para trazer um bom resultado para o segundo jogo em casa. Temos que entrar fortes neste jogo", disse o jogador.