Esportes

Americano de 13 anos tenta escalar o Everest

Da Redação ·
 Jordan Romero (dir.) com o pai e a madrasta; ele pode se tornar o mais jovem alpinista a escalar a montanha mais alta do mundo
fonte: Gopal Chitrakar
Jordan Romero (dir.) com o pai e a madrasta; ele pode se tornar o mais jovem alpinista a escalar a montanha mais alta do mundo
Se Jordan Romero, um menino americano de 13 anos, conseguir escalar o monte Everest, ele tem ambições modestas: pegar um pequeno pedaço de rocha do topo do mundo como lembrança e colocá-lo em um colar. - Não o venderei. Não darei a ninguém. É algo para eu dizer 'esta é uma rocha do cume. Romero está na capital do Nepal, Katmandu, e vai para a montanha neste domingo. Se tiver sucesso, se tornará o alpinista mais jovem a escalar os 8.850 metros do cume do Everest. Atualmente, um nepalês de 16 anos, Temba Tsheri Sherpa, detém o recorde de ser o mais jovem alpinista a chegar ao topo da montanha. Mas Romero, durante um almoço com o seu pai alpinista e sua madrasta no bairro turístico de Thamel, afirmou que não está atrás de recordes. O adolescente disse que o Everest, localizado na fronteira entre China e Nepal, faz parte de sua meta de escalar as montanhas mais altas em todos os sete continentes. - É apenas uma meta. Se eu não conseguir, tudo bem. Tento novamente. Romero já escalou o Kilimanjaro, na África, e o Monte McKinley, no Alasca, entre outros. Ele e seu pai, Paul, um paramédico, disseram que o garoto está pronto para tentar a escalada e entende os riscos de desafiar a montanha. - Eu sei que requer muita paciência. Vou permanecer paciente. Quero ficar seguro e fazer a escolha correta. A escalada será feita pela face Nordeste, no lado chinês da montanha. Mais de 4.000 alpinistas chegaram ao cume do Everest desde que ele foi escalado pela primeira vez por um neozelandês, sir Edmund Hillary, e um nepalês, Tenzing Norgay Sherpa, em 1953. Romero disse também que pretende escalar as maiores montanhas de todos os 50 Estados americanos.
continua após publicidade