Esportes

Penapolense vence e deixa o Guarani perto do descenso

Da Redação ·
Em um campo alagado pelas fortes chuvas que caíram em Penápolis, o Penapolense venceu o Guarani por 3 a 0, neste sábado, pela 17.ª e antepenúltima rodada do Campeonato Paulista. Os dois gols do meia Guaru, revelado no time de Campinas, praticamente sacramentaram o rebaixamento dos visitantes no estádio Tenente Carriço. Os donos da casa, por outro lado, ficam mais perto de garantir a vaga à segunda fase. Agora, o time tem 27 pontos, na oitava posição, contra 24 do nono colocado Bragantino. Já o Guarani estacionou nos 10 pontos, na lanterna, e precisa de um milagre para evitar o 10.º rebaixamento em 12 anos. As fortes chuvas que caíram durante todo o dia em Penápolis castigaram o gramado, que ficou alagado. Apesar disso, o Penapolense conseguiu se adaptar melhor ao campo e construiu a vitória sem muito esforço. O primeiro gol saiu em pênalti sofrido pelo atacante Silvinho, aos 30 minutos. Na cobrança, aos 33, o meia Guaru esbanjou categoria e só deslocou o goleiro Renan. O cenário do jogo se manteve na segunda etapa e o time da casa ampliou aos 14 minutos. Silvinho disparou em velocidade, invadiu a área e chutou para boa defesa de Renan. Na sobra, o meia Guaru mandou para o gol vazio. Abatido, os campineiros não conseguiram reagir. No fim, ainda houve tempo para o terceiro gol. Aos 42, o atacante Fio cruzou rasteiro e o volante Wellyson marcou contra. Pela 18.ª e penúltima rodada, no próximo sábado, às 16 horas, o Penapolense volta a enfrentar um time ameaçado de rebaixamento, o São Caetano, novamente no estádio Tenente Carriço. Na última rodada, o clube visita o Santos. Já o Guarani joga contra o Palmeiras, no domingo, às 16 horas, no estádio do Pacaembu, em São Paulo, e se despede contra o União Barbarense, em Campinas. FICHA TÉCNICA PENAPOLENSE 3 x 0 GUARANI PENAPOLENSE - Marcelo; Luis Felipe, Jaílton, Gualberto e Rodrigo Biro; Heleno, Liel, Fernando e Guaru (Sérgio Mota); Silvinho (Geuvânio) e Magrão (Fio). Técnico: Pintado. GUARANI - Renan; Oziel, Thiago Matias (Montoya), Cássio e Marquinhos; Michel Elói, Wellyson, Juan Cominges (Éverton) e Cadu; Erik e Ronaldo Mendes (Fernando Gaúcho). Técnico: Paulo Pereira (interino). GOLS - Guaru (pênalti), aos 33 minutos do primeiro tempo; Guaru, aos 14, e Wellyson (contra), aos 42 minutos do segundo tempo. CARTÕES AMARELOS - Rodrigo Biro e Magrão (Penapolense); Cássio (Guarani). ÁRBITRO - Flávio Rodrigues de Souza. RENDA - 60.716,00. PÚBLICO - 5.641 pagantes. LOCAL - Estádio Tenente Carriço, em Penápolis (SP).
continua após publicidade