Esportes

Ney Franco admite situação delicada e evita críticas

Da Redação ·
Ney Franco admite situação delicada e evita críticas
fonte: www.diariosp.com.br
Ney Franco admite situação delicada e evita críticas

A derrota por 2 a 1 para o The Strongest na quarta-feira, em La Paz, complicou a situação do São Paulo na Copa Libertadores e a vaga nas oitavas de final pode ser decidida por sorteio. Isso porque dependendo dos resultados da última rodada nos jogos São Paulo x Atlético-MG e Arsenal x The Strongest, o time paulista e a equipe boliviana podem terminar a primeira fase com os mesmos números de pontos, saldo de gols, gols a favor e gols feitos fora de casa. Para isso acontecer, o São Paulo teria de vencer por 2 a 1, e o jogo na Argentina terminar 1 a 1.


O São Paulo faz péssima campanha na Libertadores. Em cinco jogos, a equipe perdeu três, venceu um e empatou outro. "Os números traduzem toda nossa campanha. Não é uma campanha boa, não é de classificação. Está fazendo diferença os dois pontos deixados em São Paulo (contra o Arsenal). Poderíamos estar com seis, igual ao segundo colocado", lamentou o técnico Ney Franco.


O treinador evitou críticas ao goleiro Rogério Ceni, que falhou no lance do segundo gol do The Strongest. "Quando perde, está todo mundo envolvido, não tem culpados. A gente não vai direcionar resultado negativo para um jogador, para o treinador, o preparador físico ou a diretoria. Quem perdeu foi nosso grupo, o elenco todo", disse.


Apesar da situação delicada da equipe, Ney Franco não joga a toalha. "A competição nos dá ainda a oportunidade de classificação e trabalhamos com isso. Vamos trabalhar no caminho de vitória sobre o Atlético-MG e esperar o outro confronto para conseguir a classificação", afirmou.


O São Paulo não depende apenas das suas próprias forças para avançar às oitavas de final. O Tricolor precisa vencer o Atlético Mineiro no Morumbi e torcer para que o The Strongest perca para o Arsenal na Argentina sem ser goleado. Em caso de empate em Sarandí, o São Paulo tem de vencer por dois gols de diferença.

continua após publicidade