Esportes

Barrado, Armstrong desiste de nadar em evento nos EUA

Da Redação ·
Proibido de participar de competições sob a chancela da Agência Mundial Antidoping (Wada, na sigla em inglês) e punido com a perda de seus títulos após confessar uso de diversos tipos de substâncias dopantes por vários anos, o ex-ciclista Lance Armstrong teve a sua participação em um evento de natação nos Estados Unidos oficialmente barrada, nesta quinta-feira, pela Federação Internacional de Natação (Fina). O norte-americano estava inscrito em três provas do estilo livre de uma competição nacional de masters na cidade de Austin, marcada para acontecer na Universidade do Texas. Entretanto, ele acabou desistindo de tentar participar do evento depois de a Fina lembrar os organizadores do torneio que o mesmo ocorre sob a supervisão do código antidoping da Wada e consequentemente deve obedecer a suspensão vitalícia aplicada pelo Agência Antidoping dos Estados Unidos (Usada, na sigla em inglês) a Armstrong. Rob Butcher, diretor desta competição no Texas, disse que o ex-ciclista desistiu oficialmente de participar do evento na manhã desta quinta-feira. A Fina, por sua vez, publicou um comunicado informando que enviou uma carta para a US Masters Swimming, entidade que controla as competições de nadadores veteranos nos Estados Unidos, pedindo para que a mesma não aceitasse a participação de Armstrong. Antes consagrado, o ex-ciclista de 41 anos admitiu ter sido uma verdadeira farsa no esporte em uma reveladora entrevista para a apresentadora Oprah Winfrey, em janeiro passado, quando admitiu ter feito uso de doping em grande parte de sua carreira e também para poder conquistar os seus sete títulos da Volta da França, prova mais importante do ciclismo mundial. Por causa de suas confissões, depois de ter negado uso de substâncias dopantes por anos e anos, Armstrong teve todos os seus títulos conquistados entre 1999 e 2005 cassados, assim como foi banido para sempre do esporte.
continua após publicidade