Esportes

Lakers homenageia Shaq e vence com show de Kobe

Da Redação ·
A noite de terça-feira foi de homenagem a Shaquille O'Neal, que teve a camisa de número 34 aposentada pelo Los Angeles Lakers, mas quem brilhou no Staples Center, mais uma vez, foi Kobe Bryant. O astro conseguiu o 19º "triple-double" da sua carreira e liderou a sua equipe na importante vitória sobre o Dallas Mavericks por 101 a 81, em confronto direto na luta por uma vaga nos playoffs da NBA. A cerimônia de homenagem a Shaq contou com a presença de Phil Jackson, que o dirigiu no comando do Lakers. O pivô defendeu a equipe entre 1996 e 2004, com a conquista de três títulos da NBA, nas temporadas 1999/2000, 2000/2001 e 2001/2002, sendo o jogador mais valioso (MVP, na sigla em inglês) de todas as finais. Na temporada 1999/2000, também foi escolhido o MVP da liga norte-americana de basquete. Antes da aposentadoria da camisa 34 de Shaq, o Lakers já havia deixado de utilizar outros números para homenagear jogadores históricos. Os números aposentados são o 13 (Wilt Chamberlain), o 22 (Elgin Baylor), o 25 (Gail Goodrich), o 32 (Magic Johnson), o 33 (Kareem Abdul-Jabbar), o 42 (James Worthy), o 44 (Jerry West) e o 52 (Jamaal Wilkes). A homenagem a Shaq não foi o único momento de alegria para o torcedor do Lakers na noite de terça. Com 23 pontos, 11 rebotes e 11 assistências de Kobe, a equipe de Los Angeles superou o Mavericks. Dwight Howard também foi decisivo para o triunfo ao somar 24 pontos e 12 rebotes. O pivô também converteu sete de 12 arremessos livres no último período. Chris Kaman fez 14 pontos e foi o principal destaque do Mavericks na partida. Com a vitória, o Lakers igualou a campanha do Utah Jazz, oitavo colocado na Conferência Oeste, com 39 triunfos e 36 derrotas, mas está atrás em razão dos critérios de desempate. Já o Mavericks ficou em situação complicada, com 36 triunfos e 38 derrotas, na 10ª posição.

CARMELO BRILHA - Também pela rodada de terça da NBA, o New York Knicks contou com uma atuação espetacular de Carmelo Anthony para vencer o Miami Heat, desfalcado por lesões, por 102 a 90, fora de casa. O ala igualou o melhor desempenho da sua carreira ao ser o cestinha da partida com 50 pontos. Ele acertou 18 de 26 arremessos de quadra, incluindo sete de 10 tentativas de três pontos. Chris Bosh anotou 23 pontos pelo Heat, que jogou sem LeBron James, Dwyane Wade e Mario Chalmers, todos poupados por causa de lesões leves. Assim, teve interrompida uma sequência de 17 vitórias como mandante na temporada 2012/2013 da NBA. Essa vitória foi a nona seguida do Knicks, que ocupa a vice-liderança da Conferência Leste, com 47 triunfos e 26 derrotas. A equipe está atrás do Heat, que soma 58 vitórias em 74 jogos. Assim, o duelo entre as duas equipes pode se repetir nos playoffs, na final da conferência. Na temporada regular, o Knicks leva vantagem de 3 a 1 no confronto direto. NENÊ VOLTA - Na volta de Nenê Hilário, recuperado de lesão, o Washington Wizards conquistou a oitava vitória consecutiva como mandante ao bater o Chicago Bulls por 90 a 86, na noite de terça. O pivô brasileiro não entrava em quadra desde o dia 23 de março e somou 10 pontos, sete rebotes e quatro assistências nos 28 minutos em que atuou. John Wall voltou a liderar o Wizards, 10º colocado na Conferência Leste, com 27 pontos, nove assistências e oito rebotes. Carlos Boozer fez 19 pontos e obteve 12 rebotes, enquanto Nazr Mohammed somou 12 pontos e 12 rebotes para o Bulls, que está em sexto lugar no Leste. Confira os jogos da rodada desta quarta-feira da NBA:

Toronto Raptors x Washington Wizards

Charlotte Bobcats x Philadelphia 76ers

Atlanta Hawks x New York Knicks

Cleveland Cavaliers x Brooklyn Nets

Boston Celtics x Detroit Pistons

Milwaukee Bucks x Minnesota Timberwolves

San Antonio Spurs x Orlando Magic

Utah Jazz x Denver Nuggets

Sacramento Kings x Houston Rockets

Portland Trail Blazers x Memphis Grizzlies

Los Angeles Clippers x Phoenix Suns

Golden State Warriors x New Orleans Hornets

continua após publicidade