Esportes

Autuori critica e pede fim de atraso de salário no Vasco

Da Redação ·
Mal assumiu e o técnico Paulo Autuori já reclamou dos salários atrasados no Vasco. Segundo ele, antes de assinar o contrato, lhe foi prometido pelos dirigentes vascaínos que a delicada situação financeira - velho problema que culminou em 2012 com a saída de jogadores importantes como Juninho Pernambucano - seria normalizada. O clube trabalha para não acumular três meses de vencimentos atrasados. "Isso não pode acontecer. Qualquer outro clube atrasa e falam isso, acham normal. O Vasco é um deles, não é novidade. Isso tem que acabar", disse. "Precisamos olhar para o Vasco e fazer o nosso trabalho. Os erros dos outros não são desculpas", disse, criticando comparações com os outros grandes clubes do Rio, que, embora em proporções um pouco menores, também enfrentam o problema de atraso de salários. "Não aceitaria (o convite para ser treinador) se fosse para continuar na mesma situação em que estava. Confiei nas pessoas quando topei vir para cá. Tem gente de futebol e séria na administração", disse. "O Vasco vai sair dessa e estamos envolvidos. Vou ser muito exigente em relação a isso. Quero o clube nadando em saúde. O futebol é o que leva e gera recursos".
continua após publicidade