Esportes

Ganso celebra evolução e admite expectativa por seleção

Da Redação ·
Um dos destaques na derrota para o Corinthians no último domingo, por 2 a 1, o meia Paulo Henrique Ganso reconheceu que precisou mudar seu comportamento em campo para conseguir emplacar uma sequência como titular e comemorou a evolução apresentada nos últimos jogos. O jogador foi um dos principais nomes da equipe e surpreendeu pela disposição demonstrada nos 90 minutos. Para ele, isso é reflexo de um amadurecimento tático que se iniciou ainda na pré-temporada. "Encontrei a forma de ajudar a marcação, de ficar mais bem posicionado e acho que por isso que estou ajudando. Melhorei em todos os sentidos e isso também me ajudou bastante", afirmou o meia, titular em três dos últimos quatro jogos da equipe. A boa atuação contra o Corinthians e os elogios recebidos de Ney Franco o fazem começar, mesmo que timidamente, a pensar novamente em voltar à seleção. Como Luiz Felipe Scolari só chamará jogadores que atuam no Brasil para o amistoso com a Bolívia no sábado, Ganso alimenta a esperança de ser lembrado. "Esperança sempre temos, mas preciso continuar pensando em trabalhar no São Paulo e ajudar o clube, é nisso que estou pensando no momento", despistou. O São Paulo volta a treinar na manhã desta terça-feira e Ney Franco começa a esboçar o time que enfrenta o The Strongest na quinta, em La Paz, partida válida pelo grupo 3 da Libertadores. Em segundo lugar na chave com 4 pontos (mesmo número do Arsenal e um a mais do que os bolivianos), o time precisa da vitória para não correr risco de amargar uma eliminação precoce na primeira fase da competição.
continua após publicidade