Esportes

Paulista-Notas

Da Redação ·

Ponte tenta confirmar classificação para a próxima fase





SÃO PAULO, SP, 29 de março (Folhapress) - A Ponte Preta enfrenta o XV de Piracicaba amanhã, às 16h, fora de casa, pela 16ª rodada do Campeonato Paulista. Na vice-liderança da competição, com 33 pontos ganhos, o time de Campinas confirmará a classificação antecipada à próxima fase até mesmo com um empate.

Única equipe invicta na competição, a Ponte Preta vem de duas vitórias consecutivas -a última sobre o Botafogo (1 a 0), na quarta-feira.

Na 15ª colocação, com 15 pontos, o time de Piracicaba tem ambições bem mais modestas na competição: continuar na elite do futebol de São Paulo.



Bragantino e Paulista miram o G8



SÃO PAULO, SP, 29 de março (Folhapress) - Bragantino e Paulista se enfrentam amanhã, às 16h, no estádio Nabi Abi Chedid, de olho em uma vaga no G8. Nono colocado, com 21 pontos, o time da casa chega embalado após a vitória por a 1 a 0 sobre o Ituano.

O Bragantino terá vários desfalques para a partida. Os volantes Bruno Iotti e Serginho e o atacante Léo Jaime cumprirão suspensão pelo terceiro cartão amarelo.

Derrotado nas últimas duas rodadas, o Paulista terá o retorno do meia Régis, que não enfrentou o São Paulo devido a questões contratuais. Na 12ª posição, o time de Jundiaí soma 17 pontos.



Ituano e Botafogo buscam reabilitação



SÃO PAULO, SP, 29 de março (Folhapress) - Derrotados no meio de semana, Ituano e Botafogo se enfrentam amanhã, às 18h30, no estádio Novelli Junior. Na 16ª posição, com 13 pontos ganhos, o time da casa será mais uma vez comandado pelo técnico interino Doriva.

Sexto colocado, com 25 pontos, o Botafogo não terá o zagueiro Cris e o volante Zé Antônio, que receberam o terceiro cartão amarelo no revés para a Ponte Preta, por 1 a 0, em Campinas.



Mirassol recebe a Penapolense após goleada histórica



SÃO PAULO, SP, 29 de março (Folhapress) - Time responsável pela maior surpresa do Estadual até o momento, o Mirassol recebe a Penapolense amanhã, às 18h30, no estádio José Maria de Campos Maia.

A goleada por 6 a 2 sobre o Palmeiras na última quarta-feira causou estragos na equipe da capital. O técnico Gilson Kleina teve a demissão cogitada, mas permaneceu no cargo após decisão do presidente Paulo Nobre. Na 14ª colocação, com 15 pontos, o Mirassol sabe, no entanto, que sua meta na competição é apenas permanecer na primeira divisão.

Com 21 pontos, na oitava colocação, a Penapolense tenta se manter no grupo dos classificados à próxima fase após o bom empate diante do Corinthians, por 1 a 1, em pleno Pacaembu.
 

continua após publicidade