Esportes

Operário morre em obra da arena da Copa em Manaus

Da Redação ·
Um operário morreu na noite da última quinta-feira nas obras da arena que está sendo construída para a Copa do Mundo em Manaus. Identificado como Raimundo Nonato, ele sofreu uma queda de cerca de cinco metros quando tentava passar de uma das colunas do estádio para um andaime. De acordo com o Instituto Médico Legal (IML), a causa da morte foi traumatismo craniano. Durante a madrugada, diversos carros com funcionários da Andrade Gutierrez, empresa responsável pela construção da arena, da polícia civil e até do corpo de bombeiros estiveram no local para buscar mais detalhes sobre o ocorrido. Raimundo Nonato era funcionário do setor de concretagem. "A Andrade Gutierrez reitera o compromisso assumido com a segurança de todos os seus funcionários e informa que intensificará o trabalho de conscientização dos operários com foco na prevenção de acidentes", divulgou a empresa em nota oficial. A arena alcançou mais de 50% das obras concluídas, terá capacidade para 44 mil torcedores e tem entrega estimada para dezembro deste ano. O estádio não será utilizado na Copa das Confederações, mas receberá quatro partidas da Copa do Mundo do ano que vem.
continua após publicidade