Esportes

Flamengo: Cuca defende irritação de Bruno

Da Redação ·

Sem poder defender o Flamengo na semifinal contra o Fluminense neste domingo, às 16h, no Maracanã, o goleiro Bruno deixou a Gávea, no começo do treino de sexta-feira, com a cara fechada. Ele foi punido pelo TJD em dois jogos, por uma dividida com Edu Pina no confronto com o Vasco.

continua após publicidade

O técnico Cuca, suspenso por 30 dias, saiu em defesa do jogador e lamentou novamente a situação.

- O efeito suspensivo não cabe para Cuca, não cabe para Bruno, não cabe para ninguém. Então, ele tem que estar bravo. Eu também estou. O técnico contou que escalou Bruno na quarta-feira contra o Remo, em Belém, pela Copa do Brasil, porque recebeu uma ligação do vice-presidente de futebol Kleber Leite dizendo que o goleiro provavelmente jogaria na semifinal. Cuca disse nesta sexta-feira que compreende o momento do jogador, que na semana passada perdeu o padrasto.

continua após publicidade

 - Ele tem que estar sentido. Hoje ele pediu para não ficar, queria ir embora para casa. Tem que ter sentimento e entender o jogador também. Ele saiu com cara de poucos amigos, mas é compreensível.