Esportes

Embalado, Haas arrasa Simon e faz semifinal em Miami

Da Redação ·
Depois de surpreender ninguém menos do que Novak Djokovic, batido por 6/2 e 6/4 nas quartas de final, Tommy Haas se garantiu na semifinal do Masters 1.000 de Miami, em jogo encerrado no final da noite de quarta-feira, de forma incontestável. O veterano tenista alemão, de 34 anos, arrasou o francês Gilles Simon por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/1. Atual 18.º colocado do ranking mundial, Haas garantiu, com o novo triunfo, a sua subida pelo menos até o 14.º posto da ATP, em listagem que será atualizada na segunda-feira. O tenista que já foi número 2 do mundo também comemorou o fato de que pela primeira vez, desde 2006, foi à semifinal de um Masters 1.000. Agora, por um lugar na decisão em Miami, Haas enfrentará o espanhol David Ferrer, terceiro cabeça de chave, que na última quarta-feira derrotou o austríaco Jurgen Melzer por 2 sets a 1, de virada, com 4/6, 6/3 e 6/0. Ao superar Djokovic nas quartas de final, Haas fez história ao se tornar o tenista mais velho em três décadas a superar um líder do ranking mundial. Contra Ferrer, o alemão buscará a sua primeira vitória diante do espanhol, que levou a melhor nos dois duelos anteriores, no Masters Series de Paris de 2005 e no Torneio de Dubai de 2008. No jogo diante de Simon, atual 13.º colocado da ATP, Haas mostrou que está embalado em Miami. Com uma atuação impecável, ele encaminhou a sua vitória de forma rápida ao aproveitar quatro de oito chances de quebrar o saque do francês, assim como não ofereceu nenhum break point ao rival. Absoluto no saque, ele ainda ganhou 82% dos pontos que disputou quando encaixou o seu primeiro serviço.
continua após publicidade