Esportes

Jogo termina empatado no Pacaembu

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 28 de março (Folhapress) - Corinthians e Penapolense empataram hoje em 1 a 1 pela 15ª rodada do Campeonato Paulista. Pouco mais de 13.000 torcedores compareceram ao Pacaembu. O público é o pior do Corinthians na temporada de 2013. Nos minutos iniciais de jogo, Heleno cabeceou contra o patrimônio e abriu o placar para o time do técnico Tite. O empate do Penapolense ocorreu no segundo tempo, com Silvinho, que partiu em contra-ataque e tocou na saída do goleiro Júlio César. O Corinthians pouco atacou e deixou o Penapolense gostar do jogo. Os visitantes tiveram posse de bola, apesar de não criarem jogadas perigosas. Por outro lado, a equipe mandante pressionou nos minutos finais da partida, mas não conseguiu mexer no marcador. O Penapolense tem sorte no Pacaembu, já que, no início do Campeonato Paulista, bateu o Palmeiras por 3 a 2. Se o Corinthians vencesse a partida desta quarta, dormiria no G4, o que, ao final das 19 rodadas, dá a vantagem para os quatro primeiros colocados jogarem em casa. Com o empate, o time do Parque São Jorge sobe apenas para a quinta posição, com 26 pontos. O Penapolense fica em 10º lugar com 11 pontos. Na próxima rodada, o Corinthians tem clássico contra o São Paulo, no Morumbi, no domingo. No sábado, o Penapolense enfrenta o Mirassol na casa do adversário. O jogo O técnico Tite fez sete mudanças na equipe que começou a partida contra o Penapolense. Alessandro, Gil, Ralf e Danilo foram poupados pelo técnico, que deve escalar o Corinthians com força máxima no clássico contra o São Paulo. Paulinho e Douglas (provável substituto de Renato Augusto) foram novamente vetados, ambos devido a lesão muscular na coxa esquerda. Renato Augusto deve desfalcar o time por até seis semanas e o caso de Cássio é o menos grave. O goleiro já deve voltar no clássico. No primeiro tempo, o Corinthians ganhou um presente do Penapolense com um gol contra logo aos 4min. Após cruzamento de Emerson, pela esquerda, Heleno tentou afastar a bola, mas acabou jogando contra o patrimônio. O goleiro Marcelo não chegou a tempo na jogada. Depois desse lance, nenhuma oportunidade clara de gol. A partida não teve emoções. O Penapolense teve mais posse de bola e permaneceu a maior parte do tempo no ataque. A equipe visitante era perigosa nas bolas aéreas de Guaru. O capitão do time de Pintado era o responsável pelas bolas paradas, a aposta do Penapolense para o empate. Somente aos 41min que o Corinthians teve um chute ao gol. Emerson bateu rasteiro e o goleiro Marcelo defendeu. Antes disso, nenhuma chegada que ameaçasse a defesa adversária. Aos 44min, Romarinho chegou pela esquerda e cruzou no chão. Jorge Henrique desviou para trás e acabou ajeitando para Guilherme, que chutou para fora. Foi a primeira boa chegada do Corinthians. Na segunda etapa, o time de Tite teve duas boas chances nos primeiros minutos. Jorge Henrique deu bom passe para Guilherme, pela direita, que cruzou rasteiro para a área. Guerrero chegou chutando e a bola saiu pela linha de fundo. Porém, o Penapolense conseguiu novamente equilibrar a partida e pressionar o Corinthians. O técnico Pintado foi expulso aos 17min devido a sequência se reclamações. Mesmo sem o professor na beira do gramado, o Penapolense insistiu até que empatou a partida. Aos 29min, Fernando deu belo passe para Silvinho que disparou e tocou para o gol na saída de Júlio César. Jorge Henrique arriscou forte de fora da área nos minutos finais, mas a bola saiu pela linha de fundo. Após o empate, o Penapolense recuou sua marcação e, apesar de levar pressão do Corinthians, conseguiu segurar o empate. CORINTHIANS Julio Cesar; Edenílson, Chicão, Paulo André e Fábio Santos; Guilherme Andrade e Guilherme (Giovanni); Jorge Henrique (Willian Arão), Emerson e Romarinho; Guerrero. Técnico: Tite PENAPOLENSE Marcelo; Luis Felipe, Jailton, Biro e Rodrigo Biro; Heleno, Liel (Neto) , Fernando e Guaru (Sergio Mota); Silvinho e Val Baiano (Geuvânio). Técnico: Pintado. Estádio: Pacaembu, em São Paulo (SP) Árbitro: Adriano de Assis Miranda Gols: Heleno (contra), aos 4min do primeiro tempo. Silvinho, aos 29min do segundo tempo Cartões amarelos: Fábio Santos (C), Guilherme (C), Guilherme Andrade (C), Luis Felipe (P), Jailton (P), Biro (P), Geuvânio (P) e Marcelo (P) Renda/Público: R$ 357.042,66 / 12.866 pagantes  

continua após publicidade