Esportes

Zanetti diz não ser favorito para etapa da Copa do Mundo

Da Redação ·
Às vésperas de sua estreia na temporada 2013, o ginasta Arthur Zanetti tratou de reduzir as expectativas sobre seu resultado na etapa de Doha da Copa do Mundo, no Catar, e disse que não é favorito à medalha de ouro, apesar do título olímpico conquistado na Olimpíada de Londres, em 2012. "O objetivo em Doha é fazer minha parte. Não tenho pressão nem foi fixado pelo meu técnico que tenho de vencer. Vou fazer a minha parte e o resultado que vier vai ser consequência. Se for ouro, tudo bem, se for prata, também", afirmou o ginasta, nesta terça-feira. Sua estreia será nesta quarta, nas eliminatórias das argolas e do solo. Zanetti diz não brigar pelo ouro desta vez por causa das mudanças promovidas pela Federação Internacional de Ginástica no seu código de pontuação. As alterações, que desvalorizam os movimentos de força, deixaram a nota de partida do brasileiro mais baixa em comparação a dos Jogos Olímpicos. Por esta razão, Zanetti preferiu alterar sua apresentação. Ele removeu um dos movimentos de força e preferiu entrar na competição com uma nota mais baixa porque será apenas seu primeiro evento do ano. Sua prioridade é o Mundial de Ginástica Artística, em setembro. Será seu primeiro grande evento neste ciclo olímpico cujo objetivo final são os Jogos do Rio, em 2016. "Neste ciclo já estamos focando 2015, que vai ser a classificatória para a Olimpíada, e, ao mesmo tempo, já pensando em 2016. Eu sei que sou o foco e vou trabalhar para que isso não aconteça [ser superado pelos rivais], mas não é em toda competição que vou para ganhar", ponderou o ginasta.
continua após publicidade