Esportes

Red Bull ainda não assusta equipes rivais

Da Redação ·

Por Tatiana Cunha, Enviada especial SEPANG, MALÁSIA, 21 de março (Folhapress) - A facilidade com que a Red Bull colocou seus dois carros na primeira fila para o GP da Austrália, no final de semana passado, não foi suficiente para assustar a concorrência. Pelo menos não antes do GP da Malásia. "A classificação em Melbourne não foi normal, primeiro porque foi adiada para domingo, depois por causa das condições climáticas, que foram instáveis", afirmou Kimi Raikkonen. O piloto da Lotus venceu em Melbourne e largou em sétimo no circuito de Albert Park. "Em condições normais acredito que não estejamos tão longe. Certamente não estamos mais de um segundo mais lentos que a Red Bull, quem dirá o quase um segundo e meio que eles colocaram sobre a gente na Austrália." Para o ferrarista Fernando Alonso, o que mais chamou a atenção na semana passada foi a discrepância entre o ritmo mostrado pela Red Bull durante a classificação e a corrida. "Eles estavam muito mais fracos na prova. Mas isso também não é um problema nosso e temos que nos focar na nossa equipe para tentar fazer o melhor possível", completou o piloto espanhol. Neste final de semana, Alonso alcançará alcança a marca de 200 GPs na carreira.  

continua após publicidade