Esportes

Massa diz que Ferrari não favoreceu Alonso na Austrália

Da Redação ·

Por Tatiana Cunha, Enviada especial SEPANG, MALÁSIA, 21 de março (Folhapress) - Apesar de já ter dito após o GP da Austrália, no último domingo, que o erro de estratégia que o fez perder a posição para Fernando Alonso durante a corrida tenha sido em parte seu, Felipe Massa voltou a afirmar em Sepang, hoje, que o ocorrido no Albert Park não foi jogo de equipe da Ferrari. "Honestamente não fui prejudicado pela equipe. O que aconteceu foi que o Fernando arriscou na estratégia e tomou um caminho diferente do meu. Ele antecipou a parada dele, o que naquela hora me pareceu muito arriscado porque tínhamos visto os pneus durando muito pouco antes do primeiro pit stop", explicou o brasileiro. "Claro que as pessoas acharam estranho porque normalmente quem está na frente tem a prioridade para fazer sua parada, como era meu caso naquele momento, mas eu e meu time achamos que o que o Fernando estava fazendo era arriscado e parecia que ia prejudicá-lo depois", continuou Massa. Neste domingo, a Malásia recebe a segunda etapa do Mundial, às 5h (de Brasília). "No fim acabei perdendo a posição pra ele com isso, mas não foi uma ordem de equipe. Foi apenas uma estratégia que não deu certo para mim e deu certo para ele. No fim a culpa também foi minha porque eu fui parte da decisão", completou. O brasileiro acabou a corrida no Albert Park na quarta posição, dois lugares atrás do companheiro de Ferrari, que foi o segundo -o finlandês Kimi Raikkonen venceu a abertura do Mundial.  

continua após publicidade