Esportes

Vasco vence, encerra jejum e segue vivo atrás de vaga

Da Redação ·
Depois de três jogos sem vitória, o Vasco voltou a conquistar os três pontos no Campeonato Carioca: derrotou o Audax-RJ, neste domingo, em São Januário, por 2 a 0. Com o resultado (e a derrota do Madureira, no sábado), a equipe vascaína voltou à zona de classificação no Grupo A da Taça Guanabara: reassumiu o segundo lugar, atrás do líder Botafogo. O Vasco jogou bem, com destaque para as atuações de Carlos Alberto (marcou um), Wendel (deu passes para os dois gols) e Pedro Ken. "A classificação só depende da gente e este jogo era muito importante. Nosso time tem de estar bastante concentrado para a próxima partida", disse o zagueiro Dedé. A última rodada da fase de classificação da Taça Guanabara é no fim de semana que vem. O Vasco enfrenta o Duque de Caxias. O JOGO - O Vasco começou bem, mas esbarrou na falta de sorte. Aos 6 minutos, teve duas boas chances seguidas: a primeira com Pedro Ken, dentro da área, depois de boa jogada de Eder Luis - o volante bateu rasteiro e o goleiro defendeu; a segunda oportunidade com o zagueiro Dedé, que acertou o travessão após rebote do escanteio. Pedro Ken ainda acertou o travessão de novo aos 14 minutos, depois de chute forte de fora da área. A primeira e única chance real do Audax-RJ no primeiro tempo foi com Hyuri, que arrancou com velocidade aos 28, mas Alessandro fechou o ângulo e salvou no comecinho da grande área.

Wendel e Leonardo ainda arriscaram chutes de fora da área, mas o Vasco não conseguiu abrir o placar antes do fim da primeira etapa. Porém, o primeiro gol saiu logo no começo do segundo tempo. No contra-ataque, Wendel tocou para Carlos Alberto, que driblou o goleiro e bateu rasteiro; o zagueiro cortou, mas Eder Luis, com a meta vazia, não desperdiçou. Aos 19 minutos, Carlos Alberto pôde fazer o seu. Em novo passe de Wendel, o meia ficou de frente para o goleiro e chutou. Rafael defendeu, mas no rebote o vascaíno marcou. O meio-campista voltou a marcar aos 29, mas estava impedido e o auxiliar do juiz assinalou a irregularidade. Ele já havia feito outro gol em posição de impedimento no primeiro tempo, e a arbitragem também anulou.

FICHA TÉCNICA: VASCO 2 X 0 AUDAX-RJ VASCO - Alessandro; Nei, Dedé, Renato Silva e Dieyson; Abuda (Fellipe Bastos), Wendel, Pedro Ken e Carlos Alberto; Eder Luis (Thiaguinho) e Leonardo (Bernardo). Técnico: Gaúcho. AUDAX-RJ - Rafael Sandes; Adriano, Anderson Luis, Fabiano Eller e Romário; Andrade, André, Leandro Bonfim (Nélio, depois Allison) e Hyuri; Denilson e Renan (Wellington). Técnico: Mauricio Barbieri. GOLS - Eder Luis, aos 3, e Carlos Alberto, aos 19 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Daniel de Sousa Macedo (RJ).

CARTÃO AMARELO - Denilson e André (Audax-RJ); Dedé, Dieyson e Renato Silva (Vasco).

RENDA - R$ 70.530,00.

PÚBLICO - 3.830 pagantes.

LOCAL - Estádio de São Januário, no Rio.

continua após publicidade