Esportes

Denilson quer ficar no São Paulo após fim do empréstimo

Da Redação ·
Denilson entrou em 2013 sem saber o que será do seu futuro a partir do meio do ano. O volante está emprestado pelo Arsenal e tem contrato até o dia 30 de junho, mas ainda espera o posicionamento da diretoria do São Paulo para saber se terá os direitos comprados, como é seu desejo, ou se voltará para Londres no segundo semestre. O volante já manifestou publicamente que a indefinição sobre o futuro tem lhe deixado ansioso e preocupado, mas nem assim conseguiu sensibilizar a diretoria. O presidente do clube, Juvenal Juvêncio, quer contratá-lo, mas pretende deixar a negociação para os próximos meses e não quer conversar sobre o assunto neste começo de temporada. "Estamos conversando aos poucos e nem queria tocar muito nesse assunto para não ser mal interpretado. Quero continuar jogando e depois o que vier a acontecer será consequência. Acredito muito que podemos nos acertar, mas prefiro focar nas partidas e esquecer um pouco desse lado de contrato para meu empresário", afirmou Denilson. Formado pelo próprio São Paulo em 2005, ele foi negociado com o Arsenal no ano seguinte e retornou por empréstimo em julho de 2011. Conseguiu renovar o vínculo por mais uma temporada e agora espera o sinal verde para continuar no Morumbi.
continua após publicidade