Esportes

Bellucci sofre para vencer na estreia do Brasil Open

Da Redação ·
Thomaz Bellucci sofreu bastante, mas conseguiu vencer na estreia do Brasil Open, na noite desta terça-feira, no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo. Principal tenista brasileiro na atualidade, ele precisou de 2 hora e 36 minutos para ganhar do novato Guilherme Clezar por 2 sets a 1, com apertadas parciais de 7/6 (7/4), 5/7 e 7/6 (7/1). Número 35 do mundo, Bellucci é o quinto cabeça de chave no Brasil Open, único torneio de nível ATP que acontece no País. Clezar, por sua vez, é uma jovem aposta do tênis brasileiro, que tem apenas 20 anos e ocupa a 234ª posição do ranking - precisou passar pelo qualifying para entrar na disputa e jogar na noite desta terça-feira. Clezar, cuja melhor colocação no ranking foi o 208º lugar conseguido em outubro, deu muito trabalho para Bellucci, fazendo um confronto extremamente equilibrado. Mas o número 1 do Brasil conseguiu vencer. Agora, ele enfrentará o italiano Filippo Volandri, que despachou o espanhol Daniel Gimeno-Traver por 2 sets a 1, com 6/3, 3/6 e 7/6 (8/6). Ainda nesta terça-feira, o argentino Guido Pella eliminou o italiano Fabio Fognini, sexto cabeça de chave, por 7/6 (8/6), 1/6 e 6/1. Agora, ele poderá cruzar com seu compatriota David Nalbandian nas oitavas de final - o ex-número 3 do mundo fará sua estreia contra o chileno Jorge Aguilar, que furou o qualificatório, nesta quarta. Em outro jogo do dia no Ginásio do Ibirapuera, o argentino Carlos Berlocq se garantiu nas oitavas de final ao superar o russo Andrey Kuznetsov por 2 sets a 0, com 6/3 e 6/4. Com isso, ele avançou para enfrentar na sequência o espanhol Albert Ramos, que eliminou seu compatriota Guillermo Garcia-Lopez, também nesta terça-feira, por 6/3 e 7/5.
continua após publicidade