Esportes

Itália supera EUA e encara República Checa na Fed Cup

Da Redação ·
Depois de levar um susto, a Itália confirmou o favoritismo sobre a desfalcada equipe dos Estados Unidos, neste domingo, e avançou na Fed Cup. Sara Errani e Roberta Vinci comandaram o time italiano na vitória por 3 a 2 na série melhor-de-cinco jogos, disputada no saibro da cidade de Rimini. Diante de sua torcida, as italianas obtiveram o triunfo somente no último duelo, de duplas. Errani e Vinci superaram Varvara Lepchenko e Liezel Huber por duplo 6/2. Antes, Lepchenko derrotara Errani por 7/5 e 6/2. E Vinci vencera Jamie Hampton por 6/2, 4/6 e 6/1. No sábado, o confronto havia ficado empatado em 1 a 1. Na abertura, Lepchenko derrotou Vinci por 2/6, 6/4 e 7/5. Em seguida, Errani empatou ao superar Hampton por 6/2 e 6/1. Ao contrário dos duelos de 2012, a equipe dos Estados Unidos não contou desta vez com a participação das irmãs Venus e Serena Williams. Na próxima fase, a semifinal (nos dias 20 e 21 de abril), as italianas vão duelar com as tenistas da República Checa, atual bicampeã da Fed Cup. Jogando em casa, no piso duro de Ostrava, as checas arrasaram as australianas e venceram o confronto por 4 a 0. No sábado, Petra Kvitova derrotou Jarmila Gajdosova por 7/6 (7/2) e 6/3. Em seguida, Lucie Safarova bateu a Samantha Stosur, atual número nove do mundo, por 7/6 (8/6) e 7/6 (7/4). Neste domingo, Kvitova também superou Stosur, por 2/6, 7/6 (7/3) e 6/4. Nas duplas, Andrea Hlavackova e Lucie Hradecka chegaram a aplicar um "pneu" em Ashleigh Barty e Casey Dellacqua: 6/0 e 7/6 (7/1). A outra semifinal terá Rússia e Eslováquia. As russas sofreram mais do que o esperado para vencer o Japão por 3 a 2. No sábado, Maria Kirilenko derrotou Kimiko Date-Krumm por 7/6 (7/3) e 6/4 e Ayumi Morita empatou o duelo ao superar Ekaterina Makarova por duplo 6/2. Neste domingo, as tenistas da Rússia confirmaram o favoritismo com as vitórias de Makarova sobre Date-Krumm, por duplo 6/1, e da dupla formada por Makarova e Elena Vesnina, sobre Misaki Doi e Morita por duplo 6/2. A Eslováquia também contou com placar apertado para vencer a Sérvia, desfalcada de Ana Ivanovic e Jelena Jankovic. No sábado, Vesna Dolonc deixou as sérvias na frente ao superar Dominika Cibulkova. A tenista eslovaca sofreu uma lesão e abandonou o jogo quando perdia por 4/6 e 4/5. Na sequência, Daniela Hantuchova empatou o duelo ao bater Bojana Jovanovski por 7/5 e 6/2. No domingo, a Sérvia voltou a liderar o placar, novamente por causa de desistência. Dolonc e Aleksandra Krunic somaram o ponto da vitória nas duplas com o abandono de Jana Cepelova e Magdalena Rybarikova. Mas a equipe eslocava não desanimou a obteve a virada nos dois jogos seguintes. Hantuchova venceu Dolonc (6/3 e 6/2) e Cepelova bateu Jovanovski em jogo muito equilibrado: 5/7, 7/5 e 11/09. Pelo Grupo Mundial 2, a divisão de acesso da Fed Cup, avançaram Suíça, Suécia, Espanha e Alemanha. BRASIL - A equipe nacional disputou o Zonal Americano do Grupo 1 neste fim de semana e não teve sucesso diante do Canadá. Foi derrotada por 2 a 1 na série melhor-de-três jogos. O Brasil começou na frente, com o triunfo de Paula Gonçalves sobre Sharon Fichman (0/6, 6/0 e 6/4). Mas acabou cedendo a virada. Teliana Pereira perdeu para Eugenie Bouchard (duplo 6/2) e a dupla formada por Teliana e Laura Pigossi foi superada por Fichman e Gabriela Dabrowski por 6/7 (4/7) e 5/7.
continua após publicidade