Esportes

Blatter minimiza casos de manipulação no futebol

Da Redação ·
O presidente da Fifa, Joseph Blatter, voltou a minimizar neste sábado a gravidade do escândalo de manipulação de resultados que foi revelado na última segunda-feira pela Europol. O dirigente afirmou a situação está afetando apenas um pequeno porcentual dos jogos de futebol e ressaltou que o esporte "é muito grande e vai superar" esses problemas. Nesta semana, a organização policial da União Europeia revelou que quase 700 jogos podem ter sido manipulados. Blatter, porém, declarou neste sábado em Botsuana que a manipulação de jogos afeta somente cerca de 0,004% das partidas de futebol. O dirigente também declarou que mais de um milhão de jogos de futebol por ano estão limpos.

Anteriormente, na Mauritânia, Blatter afirmou que a maioria dos casos de manipulação de resultados revelados pela Europol eram antigos e já haviam sido descobertos e avaliados judicialmente.


Blatter está em uma turnê por quatro países da África e vai acompanhar a decisão da Copa Africana de Nações, que está sendo realizada na África do Sul. A final entre as seleções de Nigéria e Burkina Fasso será disputada neste domingo, em Johannesburgo.

continua após publicidade