Esportes

Muricy confirma estreia de Marcos Assunção no domingo

Da Redação ·
O Santos vai mudar bastante para enfrentar o Paulista, neste domingo, no Pacaembu, pela sétima rodada do Paulistão. Além da volta de Neymar, Arouca e Montillo, que foram desfalque no empate por 2 a 2 contra o Linense, na última quarta-feira, em Lins, em razão dos amistosos das seleções do Brasil e da Argentina, o volante Marcos Assunção vai estrear e o zagueiro Edu Dracena retorna ao time, depois de longa recuperação da cirurgia no joelho esquerdo. Marcos Assunção é considerado o segundo mais importante reforço santista da temporada, perdendo apenas para o argentino Montillo, que custou R$ 16 milhões. Em três temporadas no Palmeiras, o volante de 36 anos marcou 31 gols, sendo 23 em lances de bola parada. Foi um reforço que o técnico Muricy Ramalho não pediu, mas teve a pronta aprovação por ser uma arma poderosa para o time que sofre grande número de faltas, principalmente Neymar. "Ganhamos muito na bola parada", disse Muricy, depois de assistir ao jogo-treino entre reservas do Santos e o time principal do Jeonbuk Hyundai, da Coreia do Sul. O treinador explicou que a partida, que terminou empatada por 1 a 1, serviu para que ele concluísse que Marcos Assunção e Edu Dracena estão bem para entrar no time e lembrou que as condições são favoráveis. "Serão apenas duas mudanças em relação à equipe que vinha jogando e o entrosamento da equipe vai facilitar para os dois." Inicialmente, o jogador escolhido por Muricy para ter um descanso era Cícero, por conta do esgotamento físico provocado pela forte sequência de jogos e do risco de sofrer uma lesão muscular. Outra mudança cogitada era adiantar Montillo para formar a dupla de ataque com Neymar. Mas o treinador mudou de ideia diante do bom momento dos dois jogadores, que fazem gols na maioria das partidas. Com as mudanças confirmadas por Muricy, o Santos vai começar o jogo contra o Paulista com Rafael; Bruno Peres, Edu Dracena, Durval e Guilherme Santos; Arouca, Marcos Assunção, Cícero e Montillo; Neymar e Miralles.
continua após publicidade