Esportes

'São Paulo precisava ter chutado mais', diz Ney Franco

Da Redação ·
O técnico Ney Franco elogiou a boa atuação defensiva da Ponte Preta no empate por 0 a 0 com o São Paulo, na noite da última quarta-feira, no Morumbi, mas destacou que a equipe tricolor precisava ter arriscado mais chutes de longa distância no confronto que deixou o clube com sete pontos em quatro partidas disputadas até aqui neste Campeonato Paulista. "Não conseguimos furar o bloqueio deles. Tentamos de várias maneiras, mas a Ponte tem um sistema defensivo muito bom. Faltou para o nosso time tentar mais chutes de longa distância. Tivemos um chute com o Osvaldo e outro com o Denilson, mas foi só", afirmou o treinador. O comandante ainda lembrou que o time campineiro hoje divide a liderança do Paulistão com o Santos, vem de uma sequência de bons resultados e está invicto na competição. "A Ponte Preta é uma equipe que tomou apenas um gol no campeonato, ganhou o clássico contra o Guarani, ganhou do Corinthians e está na vice-liderança do Paulista (o time santista está em vantagem no saldo de gols). Saímos bem com a bola do campo de defesa, mas não criamos pelo centro e não criamos jogadas para os chutes de longa distância", repetiu. A opinião do comandante foi endossada pelo atacante Osvaldo após a partida. "Faltou arriscar mais. Com o campo molhado, tínhamos que ter chutado mais. A Ponte Preta veio no propósito de se defender e conseguiu ter sucesso", disse o jogador, na saída do gramado, ao SporTV. Já o zagueiro Lúcio acredita que o São Paulo teve uma boa atuação na noite da última quarta-feira, mas reconheceu que faltou competência ofensiva. "Jogamos bem sim, mas infelizmente não marcamos o gol. Hoje (quarta-feira), o nosso time jogou muito melhor. Claro que tínhamos de ter saído com a vitória, porém não é para desespero", disse o defensor, para depois enfatizar: "Estamos em busca das vitórias, mas os outros times vêm fechados e dificultam para nós. No entanto, agora temos de esquecer esse resultado e pensar no próximo jogo". O São Paulo voltará a campo pelo Paulistão neste sábado, às 16h20, contra o Guarani, em Campinas, onde Ney Franco irá poupar os principais titulares visando o confronto de quarta-feira, diante do Atlético-MG, em Belo Horizonte, pela estreia na fase de grupos da Copa Libertadores.
continua após publicidade