Esportes

Grosjean lidera e Massa é 8.º no 2.º dia de testes da F1

Da Redação ·
O francês Romain Grosjean, da Lotus, dominou o segundo dia de testes coletivos da Fórmula 1 no circuito de Jerez de la Frontera, nesta quarta-feira, ao cravar o tempo de 1min18s218. Ele foi o mais veloz nas sessões realizadas pela manhã e à tarde na pista espanhola, se posicionando bem à frente do segundo colocado, o escocês Paul di Resta, da Force India, que cronometrou 1min19s003 na sua melhor volta. Já o brasileiro Felipe Massa foi apenas o oitavo colocado entre os 12 pilotos que entraram na pista nesta quarta. Escolhido para ser o primeiro a andar com o novo carro da Ferrari em 2013, ele percorreu a melhor de suas 78 voltas em 1min19s914 e só deixou para trás o venezuelano Pastor Maldonado, da Williams, o inglês James Rossiter, piloto de testes da Force India, o holandês Giedo van der Garde, da Caterham, e o brasileiro Luiz Razia, 12.º e último colocado em seu treino de estreia como novo titular da Marussia. Massa havia ficado com a sexta posição na última terça-feira, no dia inicial de testes em Jerez, quando 11 pilotos foram para a pista. O brasileiro ainda voltará a andar com o novo modelo da Ferrari nesta quinta, antes de passar o cockpit do seu carro para o espanhol Pedro de la Rosa na sexta, nos trabalhos que encerrarão a semana de trabalhos das equipes na Espanha. A terceira posição do teste desta quarta ficou com o australiano Daniel Ricciardo, da Toro Rosso, que cravou 1min19s134 e superou por pouco o seu compatriota Mark Webber, da Red Bull, com 1min19s338, quarto colocado um dia depois de ter sido vice-líder na sessão liderada pelo inglês Jenson Button, da McLaren. A quinta posição do dia ficou com o alemão Nico Hulkenberg, da Sauber, com 1min19s502. HAMILTON BATE FORTE - Já o inglês Lewis Hamilton não começou bem a sua jornada na pista como novo piloto da Mercedes. Em seu primeiro treino pela equipe, o ex-integrante da McLaren ficou no discreto sexto lugar depois de ter completado apenas 15 voltas. Por causa de um problema nos freios de seu carro, ele passou reto em uma das curvas do circuito e bateu forte em uma barreira de pneus, danificando a frente do seu carro. O campeão mundial de 2008 acabou saindo ileso do acidente, mas não voltou mais para a pista para continuar no treino. A Mercedes, por sinal, amargou dois dias inicias ruins em Jerez. Na última terça-feira, o novo carro da equipe, pilotado pelo alemão Nico Rosberg, teve problemas elétricos e pegou fogo. E, assim como Hamilton, ele não retornou mais para pista para continuar os testes e fechou em oitavo lugar na classificação geral.

O brasileiro Luiz Razia, por sua vez, teve dificuldades para andar com a sua Marussia no mesmo dia em que foi oficializado como novo piloto da equipe. O estreante na F1 acabou dando apenas 31 voltas na pista, antes do novo modelo da escuderia apresentar problemas dentro dos boxes no fim da sessão matinal de treinos. Com isso, ele foi mais de dois de segundos mais lento até que o penúltimo colocado, Giedo van der Garde, da Caterham. Os testes em Jerez seguem nesta quinta-feira, quando o alemão Sebastian Vettel, atual tricampeão mundial, andará pela primeira vez com o novo carro da Red Bull. Massa, por sua vez, terá a última chance de melhorar a sua performance nesta semana após dois dias de desempenho bastante discreto.

Confira a classificação do segundo dia de testes coletivos em Jerez: 1.º Romain Grosjean (FRA/Lotus), 1min18s218

2.º Paul di Resta (ESC/Force India), 1min19s003

3.º Daniel Ricciardo (AUS/Toro Rosso), 1min19s134

4.º Mark Webber (AUS/Red Bull), 1min19s338

5.º Nico Hulkenberg (ALE/Sauber), 1min19s502

6.º Lewis Hamilton (ING/Mercedes), 1min19s519

7.º Sergio Pérez (MEX/McLaren), 1min19s572

8.º Felipe Massa (BRA/Ferrari), 1min19s914

9.º Pastor Maldonado (VEN/Williams), 1min20s693

10.º James Rossiter (ING/Force India), 1min21s273

11.º Giedo van der Garde (HOL/Caterham), 1min21s311

12.º Luiz Razia (BRA/Marussia), 1min23s537

continua após publicidade