Esportes

Sem espaço na F1, Bruno Senna vai para a Endurance

Da Redação ·
Sem um carro para disputar a temporada 2013 da Fórmula 1, Bruno Senna decidiu deixar a principal categoria do automobilismo para se aventurar nas provas de protótipos. Nesta terça-feira, ele foi apresentado como mais novo piloto da Aston Martin Racing, equipe que disputa o Mundial de Endurance (WEC, na sigla em inglês) e a tradicional 24 Horas de Le Mans. Bruno Senna participou de três temporadas da Fórmula 1. Em 2010, correu pela Hispania, mas sequer conseguiu pontuar. Começou o ano seguinte sem carro, mas foi contratado, na reta final da temporada, para correr pela Renault. Em 2012, correu com a Williams, terminando com 31 pontos, no 16.º lugar do Mundial de Pilotos, logo abaixo do companheiro de equipe Pastor Maldonado. Para 2013, a equipe britânica optou por trocar Senna pelo finlandês Valtteri Bottas. O brasileiro passou a procurar equipe e viu suas chances ficarem muito reduzidas. Atualmente, a única escuderia que ainda tem vaga aberta é a Force India, que ainda não definiu um dos seus pilotos. "Eu quero seguir em frente e voltar a ganhar corridas. Não houve oportunidades para que eu fizesse isso na Fórmula 1", disse Senna, em entrevista à revista especializada britânica Autosport. O Mundial de Endurance tem oito provas marcadas para esta temporada, a começar pelas 6 Horas de Silverstone, na Inglaterra, em abril. Também estão no calendário as 6 Horas de São Paulo, em setembro, e a tradicional 24 Horas de Le Mans. A britânica Aston Martin compete pela LMGTE Pro, uma da quatro diferentes sub-divisões dentro da categoria.
continua após publicidade