Esportes

Ronaldinho volta como líder, mas diz que o craque é Neymar

Da Redação ·

Por Martín Fernandez, Enviado especial LONDRES, REINO UNIDO, 5 de fevereiro (Folhapress) - O meia-atacante Ronaldinho, 32, é o mais premiado jogador da seleção brasileira, que amanhã enfrenta a Inglaterra, em Londres. É o único dos convocados que já ganhou o prêmio de melhor do mundo -duas vezes, em 2004 e 2005. Luiz Felipe Scolari deixou claro hoje que espera "liderança" de seu camisa 10. "Fez um espetacular Campeonato Brasileiro pelo Atlético-MG, quero que ele seja um líder aqui." "Se eu estou nesse lugar, tenho que assumir a responsabilidade", disse o camisa 10 do Atlético-MG. "É o tipo de cobrança que todo jogador quer ter, porque significa que já fiz muito pelo futebol". Ao mesmo tempo que se vê como líder da seleção, Ronaldinho passa sem tormentos o rótulo de craque a Neymar. "Hoje ele é o grande ídolo do nosso futebol, é um dos melhores do mundo, vai ser o melhor em breve", disse. "Eu, com 21 anos, já estava na Europa, mas ele vai ter tempo de fazer tudo o que eu fiz no futebol".  

continua após publicidade